Tutor leva cachorra em estado terminal para conhecer a América do Norte


O tutor de uma cachorra em estado terminal decidiu fazer uma viagem para mostrar ao animal os pontos turísticos existentes pela América. Juntos, eles percorreram cerca de 13 mil km em 12 dias.

O prefeito de Attleboro, em Massachusetts, nos Estados Unidos, ficou arrasado depois de saber que sua melhor amiga e companheira Mura, um lobo japonês de 10 anos de idade, tinha apenas alguns meses de vida após contrair câncer.

Paul Heroux tinha uma viagem marcada para o Oriente Médio, mas com a notícia, ele cancelou a viagem e decidiu levar sua cachorra doente para viajar, em um esforço para aproveitar ao máximo o tempo que eles tinham.

“Em vez de ir para o Oriente Médio para passar as férias, decidi fazer uma viagem para conhecer a Colúmbia Britânica, no Canadá”, disse ele.

“Com a quimioterapia, ela tem cerca de 50% de chance de viver por seis meses e 10% de chance de viver um ano”, disse Heroux à NBC 10 News.

O prefeito de Massachusetts, Paul Heroux, fez uma viagem de cross-country com sua cachorra, Mura (Foto: Daily Mail Online)

“Mura não sabe que ela tem câncer terminal, então não conte a ela. Basta deixá-la pensar que ela é uma princesinha e que ela está indo para o melhor passeio de sua vida. Os cães gostam de dar uma volta”, escreveu ele no Facebook.

A dupla começou sua viagem pela região algumas semanas atrás, aproveitando as vistas e os cheiros de 24 estados e  marcos históricos – tirando fotos, vídeos e selfies com outros cachorrinhos ao longo do caminho.

A dupla fez uma parada nas Cataratas do Niágara, no Monte Rushmore e no Parque Nacional de Yellowstone antes de chegar à Colúmbia Britânica. De lá, Heroux dirigiu para o sul para visitar a Universidade do Sul da Califórnia, antes de seguir para o Grand Canyon.

Mura chegou a ver alguns dos pontos turísticos mais emblemáticos do país, incluindo o Grand Canyon (Foto: Daily Mail Online)

Heroux e Mura desceram para São Francisco e tiraram uma foto da Ponte Golden Gate. Mura também andou por Hollywood e na calçada da fama.

Mura andando ao longo da Calçada da Fama de Hollywood (Foto: Daily Mail Online)

A dupla também parou no Oklahoma City Memorial e no arco de St. Louis antes de voltarem para Massachusetts.

“Várias pessoas que passaram pela mesma situação, perdendo o cachorro para o câncer, disseram: ‘Apenas certifique-se de dar a ela os melhores meses de sua vida'”, disse Heroux. “E eu levei isso a sério”.

Paul e Mura no St. Louis Arch (Foto: Daily Mail Online)

Heroux tem compartilhado consistentemente histórias de sua aventura no Facebook e recebeu milhares de comentários em apoio à viagem.

“Eu não tinha ideia que se transformaria nisso. Eu apenas fui passear com meu cachorro e fiz alguns passeios no meu caminho”, disse ele à Fox News.

Houve alguns posts divertidos durante a viagem. Em um deles, Heroux escreveu: “Preenchendo meu tanque de gasolina: $ 40. Permanecendo em um hotel esboçado: $ 60. O olhar no rosto de Mura depois que ela comeu um desagradável cachorro-quente de posto de gasolina: Impagável”.

Mura esteve ao lado de Heroux por dez anos. Os dois fizeram campanha juntos quando ele estava buscando a reeleição e ela é uma figura familiar na Prefeitura de Attleboro.

“Nós batemos nas portas juntos, fomos juntos às escolas”, conta Heroux.

Ele afirmou que Mura gostou muito da viagem e espera escrever um livro infantil sobre suas aventuras.

Heroux também é um grande defensor dos animais. Trabalhando com o departamento de polícia, ele começou uma política de “tolerância zero” para pessoas que deixam seus animais domésticos em carros quentes.

“Eu sinto que ela se uniu a mim de uma forma que nunca fomos capazes antes”, disse ele. “Ela definitivamente gostou da viagem. Eu conheço meu cachorro muito bem e este foi um bom momento para ela”, acrescentou.

Paul diz que ele pode dizer que Mura realmente gostou da viagem (Foto: Daily Mail Online)

Heroux diz que ele fez uma série de novas memórias com sua fiel amiga nos últimos 12 dias, enquanto viajavam cerca de 13 mil km juntos, e diz que é grato pelo amor incondicional que ele recebeu por uma década.

“Ela é da família”, disse ele. “Ela é a coisa mais preciosa do mundo para mim e sempre foi”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DOÇURA

EXTINÇÃO

SONHO REALIZADO

CARIBE

POLÍTICA AMBIENTAL

SÃO PAULO

AÇÃO HUMANA

TRAGÉDIA

MASSACRE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>