Campanha visa incentivar Ação de Graças vegano nos EUA


Mais de 46 milhões de perus são mortos anualmente nos EUA | Foto: Pixabay

A ONG norte-americana Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (PETA, na sigla em inglês) está realizando uma campanha de Ação de Graças que pode salvar a vida de muitos animais e ajudar pessoas necessitadas.

A organização está pedindo que pessoas compartilhem refeições veganas em reuniões entre amigos e familiares, fotografe e poste no Instagram usando a hashtag #VeganThanksgiving.

A cada 100 imagens, a PETA doará partos veganos para a organização sem fins lucrativos Border Action Network, que auxilia e defende os imigrantes e as comunidades na fronteira no sul do Arizona.

A presidente da ONG, Ingrid Newkirk, afirma que a data é uma excelente oportunidade de exercer a compaixão. “Nessa Ação de Graças, a PETA está agradecendo por cada pessoa que assume o compromisso ético de prevenir que aves gentis e sensíveis sejam mortos para ser o centro das refeições e ao mesmo tempo ajudar a alimentar àqueles que precisam de ajuda”, disse em um comunicado.

E completou. “Nossa campanha irá motivar pessoas compassivas a fazer assados veganos, ensopados sem carne e pratos livres de crueldade animal em suas mesas de festa e isso irá beneficiar todo mundo, independente das espécie”, concluiu.

Segundo dados da PETA, mais de 46 milhões de perus são mortos anualmente nos EUA apenas para as ceias de Ação de Graças. Perus selvagens podem viver até 10 anos, mas os animais explorados e confinados para consumo humano são mortos com cerca de 12 a 26 semanas de vida.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>