Hospitais veterinários públicos de SP não irão fechar


Hospitais atendem cerca de 100 animais diariamente | Foto: Pixabay

Os dois hospitais veterinários públicos da cidade de SP se tornaram o centro de uma polêmica nos últimos dia. Postagens que viralizaram nas redes sociais Facebook e WhatsApp afirmavam que os locais corriam risco de serem fechados. As unidades, uma localizada no bairro Tatuapé e outro no bairro Parada Inglesa, atendem diariamente cerca de 100 animais e são o principal alento para protetores e a população de baixa renda.

Os hospitais são administrados pela Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Anclivepa) desde 2014, que, segundo a prefeitura de SP, recebe mensalmente R$ 900 mil para realizar diariamente 70 atendimentos no Tatuapé e 30 no Parada Inglesa, no entanto, o contrato para prestação do serviço termina em dezembro de 2018. A notícia do encerramento do repasse gerou alarme na população e disseminação de fake news.

Segundo o gerente administrativo da Anclivepa, Sérgio Rocha, a histeria é precipitada, pois a prefeitura de SP renovou um aditivo emergencial de seis meses que entrará em vigor a partir de janeiro de 2019, afim de manter os atendimentos normalizados até que que seja aberta uma nova licitação para a escolha da futura administradora. “Já temos hoje um acordo com a Prefeitura de São Paulo onde a partir de janeiro teremos um contrato emergencial por 6 meses até que se conclua um novo edital. Então está tranquilo, não vai haver fechamento das unidades”, afirma.

O temor pelo fechamento das unidades fez o prefeito da cidade, Bruno Covas (PSDB), usar suas redes sociais para desmentir a informação. “Esclareço que a Prefeitura de São Paulo não vai e nem nunca pretendeu fechar os hospitais veterinários públicos. Estamos no meio de um processo de concorrência de quem fará a operação dos hospitais. Isso levou muita gente a confundir a possível mudança entre a atual empresa que opera os hospitais por outras que venham a oferecer condições mais favoráveis com a possibilidade de fechamento dos hospitais. A população pode ficar tranquila até porque nossa missão será de tentar ampliar esse serviço em 2019 havendo possibilidade orçamentária”, diz a postagem no Facebook.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>