Filhote de coiote é encontrado com corpo repleto de espinhos


Gwen Maxwell, uma aposentada, saiu de manhã no jardim e viu um coiote muito jovem coberto com bolas de cactos. Apesar de todos os seus esforços, o filhote não conseguiu se libertar. Ele corria por todos os lugares para tentar soltar as bolas de cacto com as quais estava coberto, mas as lombadas afiadas estavam ficando presas em sua pele cada vez mais. Ele acabou deitado no chão, exausto.

(Foto: Divulgação)

Gwen correu o mais rápido que pôde para pedir ajuda a um vizinho. Foi nesse ponto que ela percebeu que a mãe do coiote também estava presente e a observava atentamente.

Com luvas protetoras e alicates, eles removeram cuidadosamente as sete grandes bolas de cactos da pele do animal. “As bolas de cacto provavelmente pesavam tanto quanto o filhote“, disse o Centro de Recreação West de Sun City em um post no Facebook, segundo a The Animal Bible.

(Foto: Divulgação)

Apesar da dor e de todas as pessoas que o rodeavam, o jovem coiote estava incrivelmente calmo, quase como se soubesse que todos estavam lá para ajudar.

Depois que todos os espinhos foram removidos, o filhote foi rapidamente ao encontro de sua mãe e seus irmãos e irmãs. Embora ele tivesse alguns pequenos arranhões aqui e ali, parecia estar bem. Sem ajuda, ele provavelmente teria sofrido uma morte dolorosa.

(Foto: Divulgação)

Fonte: Histórias com Valor


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

POLÍTICA PÚBLICA

RECOMEÇO

BANALIZAÇÃO

CAZAQUISTÃO

DESMATAMENTO

BARBÁRIE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>