ANTROPOCENTRISMO

Ação humana erradicou pelo menos 300 espécies de mamíferos

Mamute não sobreviveu ao homem | Foto: Pixabay
Um estudo conduzido pela Aarhus University da Dinamarca mostrou o tamanho do impacto causado pela ação humana no meio ambiente. Mais de 300 espécies de mamíferos foram extintas graças à ação humana ao longo de 2,5 bilhões de anos.
“Isso é muito assustador. Estamos começando a cortar toda a árvore [da vida], incluindo o ramo em que estamos sentados agora”, afirma Matt Davis, pesquisador que liderou o estudo. Ecossistemas em todo o mundo já foram significativamente afetados pelo extermínio de grandes animais.
Mamute não sobreviveu ao homem | Foto: Pixabay
Segundo o estudo, mesmo que o desmatamento, a caça e a poluição cessassem dentro de 50 anos e as taxas de extinção diminuíssem para níveis naturais, levaria 5 a 7 milhões de anos para o mundo se recuperar.
A pesquisa leva em conta o tempo de evolução das espécies. Foram observados apenas mamíferos, mas os cientistas acreditam que entre os demais animais o número é semelhante.