Secretaria registra 1,5 mil denúncias de maus-tratos a animais em Londrina (PR)


A gerência de Fiscalização Ambiental da Secretária do Meio Ambiente (Sema) de Londrina, no Paraná, registrou 1,5 mil denúncias de maus-tratos a animais desde agosto de 2017, quando a fiscalização teve início.

Cães em abrigo inadequado e abandono são os casos mais comuns. As denúncias mais frequentes são sobre animais presos em correntes curtas. Procedimentos têm sido realizados pela secretaria para educar e punir os tutores.

(Foto: Shutterstock)

“Esse é um problema cultural. Muitas vezes o tutor do cão não sabe que ele deve ficar pelo menos de seis a dez horas solto ou que precisam de espaço para caminhar” explica ao portal Bonde a gerente de Fiscalização Ambiental, Graziella Damante.

Ao atender a denúncia, os funcionários da Sema fazem, num primeiro momento, um trabalho de educação, por meio do qual explicam como os animais devem ser cuidados, e dão um prazo para que a situação seja regularizada pelo tutor. Se os maus-tratos persistirem, uma multa é aplicada e o animal pode ser retirado do tutor e encaminhados para redes protetoras, já que o município ainda não tem espaço específico para abrigá-los.

O dinheiro da multa é revertido para um fundo de proteção animal utilizado para ajudar comissões e entidades. O processo de fiscalização, segundo Grazielle, tem resolvido a questão, já que os tutores denunciados têm atendido aos pedidos da secretaria.

“No WhatsApp, recebemos vídeos, fotos e a Sema está na rua atendendo todas as denúncias, então ficou muito mais fácil”, afirma.

Denúncias podem ser feitas através dos telefones (43) 3372-4770 e (43) 3372-4771, também pelo e-mail fiscalizacao.sema@londrina.pr.gov.br e ou ainda por meio do WhatsApp (43) 9 9994-8677 – número por meio do qual podem ser enviadas apenas mensagens.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>