Cresce população de baleias francas no Hemisfério Sul


Observadores da Austrália Ocidental notaram um aumento significativos de baleias francas no Hemisfério Sul. Entretanto, ainda procuram entender se houve aumento populacional de fato da espécie ameaçada ou se há uma mudança de comportamento migratório em curso.

Vista aérea de baleia no mar
Observadores constatam presença maior | Foto: Pixabay

A descoberta pode corroborar com a teoria de que o número de baleias francas tem ocorrido numa taxa de 5 a 7% ao ano. Os números observados nas passagens migratórias da espécies pela região australiana sobem desde que o monitoramento começou há 18 anos.

A população pode estar voltando a habitar regiões que frequentavam antes da caça.

Os números batem com o censo aéreo realizado este ano. O estudo que abrange a costa entre o Cabo Leeuwin, na Austrália Ocidental, até Ceduna, no sul da Austrália, registrou mais de 800 baleias-francas. Este é o maior resultado até hoje.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>