Grupo denuncia morte de gato a pedradas em feira livre na Bahia


Um grupo de proteção animal da cidade de Amargosa, na Bahia, denunciou maus-tratos e morte de animais em uma feira livre realizada na cidade. A última vítima foi um gato. Um homem em situação de rua seria o responsável por maltratar os animais.

(Foto: Pixabay / Imagem Ilustrativa)

“Ele dorme em frente a um comércio rural e na noite de terça-feira (16) ele matou um gato a pedradas e precisamos de providências das autoridades”, denunciou Joelson Alcantara, em entrevista ao portal Criativa Online.

O grupo não só solicita punição para o caso, mas também orienta a população a denunciar maus-tratos a animais. A denúncia pode ser feita através do 153, também pelos números 75-988097877 ou 75-8891-0425, do grupo de proteção animal, ou ainda diretamente na delegacia do município, no Ministério Público e na Prefeitura de Amargosa.

De acordo com o artigo 32º da Lei Federal 9.605/98, “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos” resulta em detenção de três meses a um ano e multa. A pena é aumentada de um sexto a um terço em caso de morte do animal.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ALEGRIA

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS

RECONHECIMENTO

PRESERVAÇÃO

VAQUINHA ON-LINE

FINAL FELIZ

LEALDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>