Plebiscito decide pelo fim da exploração de cavalos em charretes em Petrópolis (RJ)


Um plebiscito realizado em Petrópolis (RJ) no último domingo (07) decidiu pelo fim da exploração de cavalos em charretes no município. Foram 68,58% de votos contra os veículos de tração animal e 31,42% a favor.

(Foto: Fábio Seixo)

A votação fez com que defensores dos direitos animais se mobilizassem nas redes sociais e nas ruas de Petrópolis. Artistas também se manifestaram contra as charretes e a favor de carros elétricos que substituam a tração animal. As informações são da Agência Brasil.

O plebiscito foi convocado pela Câmara de Vereadores após ser aprovada uma proposta do vereador Reinaldo Meirelles, que sugeriu a votação como forma de decidir o impasse sobre a abolição ou não das charretes. Por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as urnas do município foram preparadas para a realização do plebiscito.

Atualmente, 13 charretes estão cadastradas na Prefeitura de Petrópolis. Em escala de revezamento, 39 cavalos são explorados para puxar os veículos.

Segundo o presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil Regional Rio de Janeiro (OAB-RJ), Reynaldo Velloso, o próximo passo é avaliar como será feita a substituição das charretes.

“A gente vai ter que abrir o diálogo agora para substituição das charretes a tração animal por charretes elétricas. Nós temos que ver a questão de empregabilidade dos charreteiros, o turismo vai ser dinamizado”, disse Velloso, que considera um carro ou bonde elétrico como veículo alternativo à charrete.

Os cavalos, segundo Velloso, serão abrigados pela ONG Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal e receberão todos os cuidados necessários.

Confira, no vídeo abaixo, a avaliação de Velloso sobre o caso:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>