Dia Mundial das Aves reforça luta contra o tráfico e o cativeiro de animais


Hoje (5) é comemorado o Dia Mundial das Aves. A data é um importante momento de promoção da conscientização da sociedade acerca do tráfico e do cativeiro de animais, práticas que devem ser combatidas.

(Foto: Octavio Campos Salles)

Dados de 2015 da Polícia Federal revelaram que as aves são o principal alvo dos traficantes no Brasil, correspondendo a cerca de 80% das espécies traficadas. A maioria delas são papagaios. Transportadas em condições degradantes, muitas morrem antes mesmo de chegar ao destino final. Levadas em caixas superlotadas e sem ventilação, em bagageiros de veículos, as aves são submetidas a todo tipo de maus-tratos. A alimentação dada a elas também é inadequada.

As aves traficadas são condenadas a dois destinos igualmente cruéis: a morte ou a privação da liberdade. Quando sobrevivem às terríveis consequências do tráfico, são mantidas em cativeiro, aprisionadas, sem que possam desfrutar do habitat e do convívio com outros animais das espécies as quais pertencem. Em nome da ganância e do ego, o ser humano age como se fosse superior a esses animais, tratando-os de forma indigna.

No Dia Mundial das Aves, celebra-se não só a beleza desses animais, mas também a constatação de que não há beleza no cativeiro e que as aves devem ter resguardado o direito a viver livres devido à crueldade existente em aprisioná-las e à necessidade de preservar a natureza, que tem relação de dependência com as aves, responsáveis por fazer a dispersão de sementes.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>