Vítima de maus-tratos, cão come restos mortais de outro animal para sobreviver


Um cachorro da raça yorkshire terrier se alimentou dos restos mortais de outro cão para sobreviver após ser deixado sem alimentação em uma casa em Roquetas de Mar, na Espanha. A responsável pelos cães foi condenada a três meses de prisão pelo Tribunal Criminal de Almeria devido à prática do crime de maus-tratos a animais.

(Foto: Getty Images / Imagem Ilustrativa)

O cão sobrevivente foi resgatado, mas não resistiu à negligência que sofreu e morreu 48 horas após o resgate. Ele estava em estado grave de desidratação, enfraquecimento geral das funções vitais e da musculatura, além de ataxia – que é a perda do controle muscular durante movimentos voluntários, como andar. De acordo com o jornal espanhol La Vanguardia, os cães mantidos na casa não receberam qualquer tipo de cuidado por tempo indeterminado.

A Justiça estabeleceu ainda, além da pena de prisão, que a tutora fosse proibida de exercer qualquer atividade relacionada ao comércio de animais e de tutelar animais durante um ano.

O código penal da Espanha determina pena de prisão de três meses a um ano para quem cometer maus-tratos contra animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>