Exploração

Tigre convulsiona em apresentação de circo e treinador a puxa pelo rabo

Enquanto a fêmea convulsionava, seu treinador a puxa pela causa em uma tentativa de afastá-la dos outros tigres

Uma tigre fêmea caiu no chão convulsionando em meio à apresentação de circo, na Rússia, segundos depois de saltar através de anéis de fogo.

A cena angustiante mostra o animal de seis anos de idade, Zena, de joelhos a partir de espectadores chocados no evento na cidade de Magnitogorsk, no Oblast de Chelyabinsk.

A fêmea pode ser vista desmoronando na cerca de arame, depois de apresentar um número para o circo (Foto: Daily Mail Online)

O tratador Artur Bagdasarov, temendo que outros tigres atacassem instintivamente o animal enfraquecido, puxou a fêmea pela causa em uma tentativa de afastá-la. Outros trabalhadores começaram a jogar baldes de água fria no animal.

A irmã de Bagdasarov, Karina, quebrou varas compridas para impedir que os outros seis tigres se aproximassem do animal em convulsão.

Desde então, muitos internautas criticaram as ações do circo em relação à crueldade com os animais.

Artur Bagdasarov disse: “Eu a arrastei para um lugar seguro onde não havia outros tigres por perto. Qualquer outro tigre poderia tê-la atacado quando ela estivesse tão fraca”.

Nas filmagens ele pode ser visto gritando por auxiliares para trazer água.

“Tivemos que correr e trazer baldes. Eu corri por aí pedindo para desligar o som. Assim que ficou quieto e a água foi trazida, ela acordou”, ele afirma.

O treinador puxou o animal convulsionando pela cauda (Foto: Daily Mail Online)

A trupe russa insistiu, no entanto, que o animal havia desmoronado repentinamente em convulsões por razões desconhecidas. Entretanto, esse é apenas mais um exemplo do porquê animais não devem ser utilizados em circos.

Amur, ou tigres siberianos, são os maiores felinos do mundo, nativos do extremo leste da Rússia.