INTERESSE FINANCEIRO

Golfinhos são explorados no Japão para preparação das Olimpíadas de 2020

Golfinhos capturados em Taiji são forçados a realizar truques para entreter turistas

Golfinhos são capturados para performarem truques em preparação das Olimpíadas (Foto: Pixabay)

No Japão, golfinhos vivos foram forçados a fazer truques para uma multidão, como um “evento de teste pré-olímpico”. Os golfinhos usados foram caçados na cidade de Taiji, popularmente conhecida por realizar caças e capturas de golfinhos.

Nessa prática, os animais são perseguidas em uma enseada por caçadores para que não possam escapar da captura. Enquanto milhares deles são brutalmente mortos durante a caça, outros são escolhidos por sua “qualidade de show” e presos em tanques de concreto.

De acordo David Phillips, diretor executivo do Projeto Internacional de Mamíferos Marinhos  liderado pelo Earth Island Institute, o recente evento pré-olímpico “é um lembrete crucial de como o governo japonês e o Comitê Olímpico Japonês estão explorando golfinhos e baleias, em desafio do resto do mundo”.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO
Golfinhos são capturados para performarem truques em preparação das Olimpíadas (Foto: Pixabay)

“Esses golfinhos são mantidos com fome para fazer os truques. Eles são mantidos em confinamento desumano em pequenos tanques de concreto altamente clorados. E, pior, eles foram capturados da maneira mais desumana possível, arrancados da natureza e de suas famílias, e são assassinados sem piedade”, ele acrescenta.

Em resposta, o Projeto Internacional de Mamíferos Marinhos está pedindo ao governo do país para pôr um fim à chacina de golfinhos e baleias presentes no país. Além disso, a organização pede ao Japão que estabeleça e imponha a proibição da venda de carne de golfinho e baleia, além de prometer acabar com a exploração desses animais para o divertimento humano. Não apenas à frente das Olimpíadas de Tóquio de 2020, mas para sempre.

O Japão vem sendo duramente criticado por essas ações por ativistas e simpatizantes da causa. As práticas bárbaras de caça e captura de golfinhos continuaram a se descontrolar, particularmente em Taiji, no Japão. Para tentar acabar com essas atividades, petições foram feitas pelo Projeto Internacional de Mamíferos Marinhos.