Dieta vegana diminui as chances de câncer de cólon, diz estudo

26/09/2018


Um estudo publicado na JAMA Internal Medicine mostrou que seguir uma uma dieta vegana pode reduzir os riscos de câncer de cólon. Participaram da pesquisa 77 mil adultos.

O consumo de alimentos de origem vegetal está ligado à maior expectativa de vida. (Foto: pixabay)

O estudo mostrou que o consumo de uma dieta vegana rica em frutas, vegetais, cereais integrais, grãos e oleaginosas pode reduzir as chances de câncer de cólon em 16%. No caso de câncer de reto, uma dieta livre de carne reduz as chances de ocorrência da doença em 29%. Pessoas que reduziram o consumo de carne e aqueles que ingeriam menos de uma vez por semana tiveram o risco reduzido em 8%.

Os pesquisadores também descobriram que dietas ricas em proteína animal, como keto e paleo, não reduzem o risco de câncer. Pelo contrário, um recente estudo relacionou o consumo de carne vermelha a ocorrência de câncer de cólon em mulheres. Nessa pesquisa, que durou 17 anos, foram analisadas 32 mil mulheres. Aquelas que consumiam carne vermelha regularmente apresentaram um maior risco de ocorrência de câncer, comparados ao número daquelas que consumiram pouca ou nenhuma carne.

Outras pesquisas

Segundo Tamara Deuker Freuman, a dieta ketogênica, conhecida como keto, também apresente riscos à saúde. A dieta é baseada no consumo de 70 a 80% de calorias em forma de gordura. Além disso, o consumo de proteína é restrito a 10 a 20% da dieta e de carboidratos,  5 a 10%. Esse estilo de alimentação ganhou popularidade nos últimos anos devido a rápida perda de peso. No entanto, Freuman pede que as pessoas tenham cuidade.

Em um artigo ao US News & World Report, no início do ano, Freuman descreveu essa dieta como “um exemplo de dieta de grande risco de câncer”. De acordo com ela, a keto é pobre em frutas, vegetais, grãos e cereais integrais, o que pode causar danos à saúde. “Câncer de cólon não é algo que acontece apenas em avós. Está cada vez mais afetando os netos millenials”, defendeu.

Uma pesquisa publicada em agosto também apresentou que dietas como paleo e keto apresentam risco à saúde. Os resultados mostraram que quando o carboidrato da dieta foi substituído por proteína animal o índice de mortalidade aumentou. No entanto, quando a substituição foi feita por alimentos como vegetais, oleaginosas e cereais integrais, o número de mortes foi menor.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(255, 255, 255)"}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
DOE AGORA

COMPARTILHE:

Você viu?


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
>