Guia alimentar canadense recomenda a redução do consumo de alimentos de origem animal


Foto: Pixabay

Na última atualização do Guia Alimentar do Canadá, desenvolvido por médicos nutrólogos e nutricionistas, o governo canadense decidiu dar ainda mais ênfase aos alimentos de origem vegetal. Além de destacar a importância do consumo de vegetais e encorajar a redução do consumo de alimentos de origem animal, o guia qualifica a dieta vegana como saudável.

No tópico de recomendações e considerações, o governo também enfatiza que é importante manter uma ingestão regular de vegetais, frutas, cereais integrais e alimentos ricos em proteínas, especialmente fontes vegetais de proteínas.

Embora o guia contemple diversos tipos de dietas, em vários pontos é feita uma observação sobre a importância de se reduzir o consumo de alimentos de origem animal. “Uma mudança em direção ao consumo de mais alimentos baseados em vegetais pode ajudar os canadenses. Coma mais alimentos ricos em fibras, coma menos carne vermelha, menos carne de porco, menos carne de cordeiro”, sugere.

O guia alimentar também recomenda a substituição de laticínios ricos em gorduras ruins por alimentos ricos em gorduras boas como nozes, sementes e abacate. O governo canadense anunciou que o guia deve ser atualizado novamente em 2019.

Fonte: Vegazeta


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR

TAILÂNDIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>