Cadela comunitária adota filhotes de gato abandonados em Bocaina (SP)


Uma cadela comunitária que vive no Cemitério Municipal de Bocaina, no interior de São Paulo, adotou três filhotes de gato que foram encontrados por um funcionário do cemitério após serem abandonados no local na última terça-feira (18).

(Foto: Carmenlisa Budin/Arquivo pessoal)

Pitchula, como é chamada, é considerada uma cadela comunitária porque, apesar de não ter um tutor, não vive em situação de abandono. Ela recebe cuidados dos funcionários do cemitério. As informações são do portal G1.

Assim que se deparou com os filhotes, a cadela os acolheu e tentou até amamentá-los. No entanto, por ser castrada, ela não produz leite.

“Ela tentar dar de mamar pra eles. Mas estão passando fome, porque não tem leite”, explica a funcionária  Carmenlisa Budin. “Eles são recém-nascidos. Nem abriram os olhinhos ainda, uma judiação”, completa.

Para salvar a vida dos gatinhos, a funcionária e outras voluntárias que fazem parte de um grupo de protetoras de animais se mobilizaram para encontrar uma gata que estivesse amamentando para alimentar os filhotes e um lar temporário para abrigá-los até que sejam adotados.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SEGUNDA CHANCE

MAUS-TRATOS

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO

HOLOCAUSTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>