PL sobre controle populacional de animais é aprovado em Itabira (MG)


Um projeto de lei que propõe o controle populacional de cachorros e gatos através da castração foi aprovado pelos vereadores de Itabira, em Minas Gerais. A proposta é de autoria do prefeito Ronaldo Magalhães (PTB).

O PL recebeu 15 votos favoráveis e uma abstenção por parte do vereador Reginaldo Santos (PTB). De acordo com a proposta, que entrará em vigor assim que for sancionada pelo prefeito, a castração de animais passa a ser de responsabilidade do governo municipal. O projeto estipula ainda investimento de até R$ 25 mil para a castração de 100 animais até o final de 2018. As informações são do portal De Fato.

(Foto: Divulgação / Imagem Ilustrativa)

O presidente da Câmara, Neidson Freitas (PP), disse que “a demanda não é menos importante do que outras ações do município”. Ele defendeu que a castração é benéfica para os animais e também para o combate a doenças, tratando-se, portanto, de um caso de bem-estar animal e saúde pública. “O controle de cães e gatos é necessário não só na cidade, região, mas no país e o método certo de ser feito é a esterilização, a castração em massa para que esses animais tenham o controle populacional”, disse.

Neidson afirmou também que cerca de 200 cachorros foram castrados neste ano no município através de um projeto do estado e que, ainda neste semestre, outros animais serão castrados pelo CastraMóvel. “Existem essas pequenas iniciativas, mas o município não pode se furtar da responsabilidade e participação na questão”, reforçou o parlamentar.

A proposta estabelece ainda a necessidade de realizar campanhas de conscientização em escolas sobre guarda responsável e feiras de adoção para diminuir o número de animais abandonados, além de definir obrigações aos tutores de animais, como a limpeza imediata de fezes em vias públicas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECOMEÇO

BANALIZAÇÃO

CAZAQUISTÃO

DESMATAMENTO

BARBÁRIE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>