Governo norte-americano mata cerca de três mil gatos em experimentos


O White Coat Waste Project, um grupo de defesa de direitos de base em Virgínia, entrou com uma ação federal contra o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, da sigla em inglês), buscando maiores informações sobre experimentos conduzidos pelo órgão governamental em que milhares de gatos foram mortos em uma instalação no estado de Maryland.

Reprodução | The Washington Post

A organização sem fins lucrativos entrou com a ação tendo em vista a missão de unir os amantes dos animais e os amantes da liberdade para expor e acabar com estes experimentos, que eram feitos sob os tapetes, sem o conhecimento da população. De acordo com o processo, um dos argumentos utilizados é o de que, em tese, são eles os financiadores destes procedimentos, os contribuintes.

História antiga

No início deste ano, o grupo divulgou documentos obtidos do USDA que diziam que cerca de 100 gatos eram mortos a cada ano em uma instalação em Beltsville. Eles eram intencionalmente infectados com um parasita que podia causar toxoplasmose, uma doença, transmitida em carne contaminada, pode causar abortos e defeitos congênitos em humanos.

Os gatos tinham então as fezes inspecionadas em busca do parasita, e posteriormente eram mortos com uma injeção de cetamina no coração, cerca de duas semanas após serem infectados. Para explicar o procedimento, os documentos diziam que esta era uma “forma de protocolo de uso de animais”.

“Este trabalho não pode ser realizado em nenhuma outra espécie”, dizia o comunicado, acrescentando que os experimentos buscam “fontes de infecção por Toxoplasma para humanos e animais” e também “planejar estratégias de controle, incluindo o desenvolvimento de uma vacina”.

“Um total de 2.988 gatos foram usados ​​nesses esforços de pesquisa que começaram em 1982”, escreveu o administrador do USDA, Chavonda Jacobs-Young, em resposta a uma investigação do Congresso em maio. Em seu processo, o White Coat Waste Project diz que o USDA está bloqueando uma solicitação da Lei de Liberdade de Informação para mais informações sobre a pesquisa, incluindo registros veterinários para todos os “gatos e gatinhos” experimentados em Beltsville.

O grupo apresentou as solicitações adicionais em junho, disse o processo, mas “nunca recebeu nenhum reconhecimento ou resposta”. “O USDA continua a reter injustamente os registros solicitados”, a ação alega. Um e-mail não assinado da conta de imprensa do USDA, recebido em resposta a uma solicitação de comentário, dizia: “O USDA não pode comentar sobre litígios pendentes”.

Justin Goodman, vice-presidente do Projecto White Coat para advocacia e políticas públicas, disse que o USDA “ainda está a usar gatos para algo que eles deveriam ser capazes de fazer sem animais vivos em vez de os adoptarem. É a inércia institucional e a preguiça. ”

O deputado Erik Paulsen (R-Minn.), Co-patrocinador do “Kitten Act”, que limitaria os experimentos com gatos, disse que isso estava testando que “somente um burocrata do governo poderia ter surgido em primeiro lugar”. “Isso vem acontecendo há meio século”, disse ele. “É hora de acabar com esse tipo de prática. Os detalhes básicos do teste de gatinhos foram escondidos ”.

A toxoplasmose é a principal causa de morte por doenças transmitidas por alimentos, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Mais de 40 milhões de pessoas nos Estados Unidos carregam o parasita que o causa, mas muitas nunca apresentam sintomas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TRAGÉDIA

RETROCESSO

SOFRIMENTO

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)

COVARDIA

CRUELDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>