Apesar da luta de ativistas, massacre de golfinhos em Taiji persiste


Milhares de animais marinhos são assassinados em Taiji anualmente | Foto: Reprodução

A caça anual de golfinhos em Taiji, no Japão, continua a fazer vítimas. Milhares de animais são cruelmente mortos e os sobreviventes são capturados e vendidos para parques aquáticos em todo o mundo para serem aprisionados e explorados para o entretenimento humano.

Pescadores e moradores do local defendem a prática alegando se tratar de uma “tradição”, mas essa justificava é inaceitável, pois a caça de mamíferos marinhos em Taiji é muito recente e seu inicio data de 1969. Além de golfinhos, baleias também são mortas e sua carne é comercializada.

The Cove Unedited OPS Footage – View 2 from Oceanic Preservation Society on Vimeo.

No entanto, após o lançamento do documentário “The Cove” e as denúncias desta prática cruel, um movimento em defesa dos direitos animais que começou timidamente em Taiji, agora toma as ruas da cidade pedindo o fim da matança de baleias e golfinhos.

Apesar de sofrer com a resistência da população e das autoridades locais, os ativistas lutam incansavelmente para denunciar a crueldade anual que acontece em Taiji e conscientizar os moradores e a comunidade internacional que a atividade bárbara é injustificável.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>