INCÊNDIOS

Queimadas em matas ferem e matam animais em Mato Grosso do Sul

Animais foram encontrados feridos e uma cutia morreu após ser vítima de um incêndio.

(Foto: Divulgação / PMA)

Animais silvestres estão sofrendo com as queimadas constantes em matas de Mato Grosso do Sul. A prática da queima controlada, que é autorizada, está proibida até o mês de setembro no estado e até outubro no Pantanal devido ao período de seca.

(Foto: Divulgação / PMA)

No Mato Grosso do Sul, a estiagem já dura 80 dias. A baixa umidade do ar e a insistência de parte da população em fazer uso do fogo de forma irregular tem provocado o aumento de incêndios que estão colocando em risco a vida de animais silvestres. Uma série de resgates foram realizados pela Polícia Militar Ambiental no município de Coxim. As informações são do portal Correio do Estado.

Dentre os casos está o de uma anta, encontrada em um sítio com ferimentos nas patas e em parte da paleta, e um tatu-galinha, resgatado na BR-163 com queimaduras em todas as patas. Os dois animais foram encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) de Campo Grande, onde estão recebendo atendimento médico.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO
(Foto: Divulgação / PMA)

Além deles, uma cutia, que não sobreviveu, também foi vítima de um incêndio. Encontrada por um morador, o animal estava bastante ferido e morreu enquanto era procurado atendimento veterinário.