APÓS DENÚNCIAS

Polícia resgata cachorro após denúncia de maus-tratos em residência no Rio

Tutor do animal foi autuado pelo crime de maus-tratos.

Ele foi levado para uma ONG, onde recebeu os primeiros atendimentos - Reprodução
Richard vivia na área externa de uma residência em Vila Valqueire – Reprodução

Policiais Civis da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) resgataram um cachorro após denúncias de maus-tratos em uma residência em Vila Valqueire, na Zona Oeste do Rio, na tarde da última segunda-feira (27). Os agentes receberam informações de que o animal vivia em condições precárias e era alimentado por vizinhos e pessoas que passavam pelo local.

A polícia informou que uma equipe da DPMA esteve na casa e constatou que o animal, que atende pelo nome de Richard, vivia em péssimas condições de higiene, sem oferta de comida e água. Segundo os agentes, o cachorro foi encontrado na área externa da casa e estava extremamente magro e infestado de pulgas e carrapatos. A denúncia foi cadastrada no Linha Verde (2253-1177), central do Disque-Denúncia para casos ambientais, no último dia 14.

Ele foi levado para uma ONG, onde recebeu os primeiros atendimentos – Reprodução

O dono do animal, identificado como Johny Sant’anna de Oliveira, de 27 anos, estava na residência na chegada dos agentes. Ele foi levado para a delegacia onde foi autuado pelo crime de maus-tratos, conforme Artigo 32 da Lei 9.605/98. Durante o depoimento, Johny disse aos agentes que está de acordo em doar o cachorro.

O animal foi levado para a ONG Paraíso dos Focinhos, onde recebeu os primeiros atendimentos.

Fonte: O Globo