RESULTADO DE PESQUISA

Meio ambiente sofre cerca de 80% menos impacto pela adoção de dieta vegana

Reprodução | LiveKindly

Uma dieta vegana tem menos impacto ambiental do que dietas à base de carne, mesmo as consideradas “mais saudáveis”, de acordo com um novo estudo publicado na revista The Lancet. Ela mostra que uma dieta saudável baseada em vegetais produz uma carga 42-84% menor no meio ambiente.

Liderada por Nicole Blackstone, a pesquisa avaliou seis categorias de impacto ambiental: uso da terra, esgotamento da água, mudanças climáticas, inorgânicos respiratórios (matéria que causa dificuldades respiratórias), eutrofização da água marinha e eutrofização de água doce (riqueza excessiva de nutrientes). Todas as categorias, além do esgotamento da água, foram afetadas até 84% menos por uma dieta baseada em vegetais.

Reprodução | LiveKindly

Depois de avaliar os resultados do estudo, a Blackstone e sua equipe de pesquisadores estão pedindo mais considerações sobre a sustentabilidade ambiental em todas as diretrizes dietéticas futuras. Eles descreveram que as dietas de carne recomendadas em diretrizes de alimentação saudável, como as Diretrizes Dietéticas 2015-2015 para os americanos, poderiam ter tanto, se não mais, um impacto negativo no meio ambiente do que a dieta média americana atual.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Além da saúde do próprio ambiente, as dietas de produtos de origem animal, recomendadas em diretrizes alimentares, podem afetar indiretamente a saúde humana no futuro, afirma o estudo.

Conforme observado no The Lancet, “a integração da sustentabilidade em todas as políticas é essencial para minimizar os desafios ambientais. As recomendações para dietas saudáveis ​​não são completas se ignorarem os impactos indiretos à saúde causados ​​por mudanças ambientais associadas à produção e ao consumo de alimentos”.