Estudo aponta que pumas tem medo de sons vindos de humanos


Um estudo feito pela Universidade da Califórnia concluiu que os  leões da montanha, também conhecidos como pumas, tendem a fugir  ao ouvirem sons dos seres humanos.

Foi utilizado o som da voz de Rush Limbaugh, comentarista político conservador norte-americano e Rachel Maddow, apresentadora e também comentarista política. Os pesquisadores completaram 29 experimentos no total, com 17 leões da montanha diferentes.

Em 83% das vezes, os leões fugiram ao ouvirem a voz de Limbaugh e Maddow. Não apenas os leões fugiram, mas também hesitaram em voltar para comerem o jantar. Isso demonstra o incomodo e medo que muitos animais selvagens possuem de humanos, devido as diversas intervenções que eles realizam em seu habitat natural.

Os pumas demonstraram medo e fugiram da voz de humanos em pesquisa (Foto: Pixabay)

A pesquisadora Justine Smith observou que os leões temem o som da voz de um humano, independentemente de quem seja a pessoa. “Descobrimos que os pumas demoraram mais para voltar a matar depois de ouvirem as pessoas e, posteriormente, reduziram a sua alimentação por cerca de metade”, ela acrescenta.

“As pessoas aludem a essa ideia o tempo todo, que os leões da montanha têm mais medo de nós do que nós mesmos. Mas a ciência nunca mostrou isso antes”, disse Chris Wilmers, professor de estudos ambientais da UC Santa Cruz. “Quando as pessoas saem para caminhar, algumas temem que os leões da montanha os ataquem. Mas acontece que esses animais tem muito medo das pessoas.”

“Os pumas são apartidários em seu ódio à política americana”, brincou Smith.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>