Administração Trump é processada por não proteger habitat das orcas da Costa Oeste


O Centro de Diversidade Biológica processou a administração Trump por não proteger o habitat oceânico da Costa Oeste das últimas baleias assassinas Residentes no Sul. A espécie criticamente ameaçada está reduzida a apenas 75 orcas, o menor número em mais de 30 anos.

Reprodução | World Animal News

De acordo com um comunicado, o Serviço Nacional de Pesca Marinha não atendeu à petição do Centro de 2014 pedindo uma expansão das proteções contra habitats fora de Washington, Oregon e Califórnia que poderiam ajudar as baleias assassinas do Sul do país. Infelizmente, eles estão morrendo de fome por falta de salmão, além de serem prejudicados pelo tráfego de barcos e poluição da água.

“O tempo está se esgotando rapidamente para essas magníficas orcas inteligentes”, disse Catherine Kilduff, advogada do Centro. É doloroso vê-los morrer de fome e lamentar seus bezerros mortos. Todos os dias que as pessoas de Trump atrasam a ação é um passo em direção à extinção dessas baleias”.

Em 2015, o Serviço de Pesca decidiu que eram necessárias proteções amplas de habitats para salvaguardar as principais áreas de forrageamento e migração da Costa Oeste, mas a administração Trump não conseguiu implementar proteções, apesar do amplo apoio público a elas.

Ao passar os verões em Puget Sound e no Salish Sea (áreas protegidas como habitat crítico em 2006), estas orcas viajam extensivamente ao longo da costa oeste durante o inverno e início da primavera, reunindo rios costeiros para descansar e se alimentar de salmões migratórios.

A Lei de Espécies em Perigo de Extinção proíbe as agências federais de autorizar atividades que destruam ou danifiquem o habitat crítico de uma espécie listada. Animais com habitats críticos protegidos pelo governo têm duas vezes mais chances de se recuperar do que espécies sem ele, segundo um estudo do Centro.

“A lei federal exige proteção do habitat das espécies ameaçadas de extinção. Nossa humanidade básica deve nos levar a ajudar a evitar que essas orcas amadas morram bem diante de nossos olhos ”, disse Kilduff. “Então, agora estamos recorrendo aos tribunais para obrigar a administração Trump a fazer a coisa certa”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SAÚDE

GOIÁS

NOVA JORNADA

HONG KONG

AFETO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>