CAMPO GRANDE

Polícia investiga morte de 23 animais por suspeita de envenenamento em MS

Todas as mortes foram registradas em uma única rua do bairro São Francisco, no município de Campo Grande (MS).

(Foto: Elineia Cardoso de Andrade)

A morte de 23 animais, entre cachorros e gatos, em uma rua do bairro São Francisco, no município de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, está sendo investigada pela Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista (DECAT). A suspeita é de que os animais tenham sido envenenados.

(Foto: Elineia Cardoso de Andrade)

Os tutores dos animais serão ouvidos pela polícia e será verificado pela polícia se materiais conhecidos como “isca” para atrair cães e gatos estão em poder de algum morador, segundo o delegado do DECAT, Marco Antônio Balsaninni. Além disso, imagens de câmeras de segurança foram solicitadas para que possa ser observada a ação de suspeitos.

Dolly foi uma das vítimas. A cadela tinha apenas seis meses de vida. “Ela morreu no início desse mês. Era companhia para minha mãe e para nós. Tudo o que a gente pega lembra a cachorrinha. Tivemos que desfazer das roupas e da cobertinha”, lamenta a professora Elineia Cardoso de Andrade, tutora da cadela. As informações são do portal G1.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

A ativista e protetora de animais, integrante de uma organização não-governamental (ONG), Carmen Amorim, conta que uma médica veterinária tem acompanhado os casos nesta rua desde dezembro de 2017 e que as mortes estariam relacionadas a um veneno que causa hemorragia interna nos animais.

Envenenar animais é crime previsto na lei de crimes ambientais e tem como punição três meses a um ano de detenção, além de multa.