Cachorro é socorrido com 90% do corpo queimado


Cachorro tem 90% do queimado e está em estado grave em Pitangueiras, SP (Foto: Miriam Brito/Arquivo Pessoal)

A Polícia Civil iniciou uma investigação por maus-tratos para descobrir o responsável por deixar um cachorro com 90% do corpo queimado em Pitangueiras (SP).

Conhecido como Fred, o animal pertencente a um catador de recicláveis foi levado a uma clínica veterinária da cidade pelo próprio tutor na última segunda-feira (25). A suspeita é de que ele foi queimado por óleo quente, mas ninguém foi preso.

Apesar de mobilizações no município e pela internet organizadas por uma ONG para arrecadar recursos para o tratamento, o cão está em estado grave e cego em função da gravidade dos ferimentos.

“Ele já melhorou bem, achei que ele ia acabar vindo a óbito, mas ele deu uma melhorada e já está comendo sozinho, andando, melhorou bastante. Tem risco ainda porque aquela pele queimada está necrosada e vai cair e uma infecção pode vir a qualquer momento”, afirma a veterinária Miriam Carla Vernilho Brito.

Fred teve o corpo todo enfaixado por causa das queimaduras que teve em Pitangueiras (SP) (Foto: Miriam Brito/Arquivo Pessoal)

Segundo informações da Polícia Civil, o tutor do animal registrou um boletim de ocorrência nesta quinta-feira (28) informando que encontrou o cachorro queimado depois de voltar para casa na tarde da última segunda-feira.

Responsável pela clínica onde Fred segue internado, Miriam conta que, apesar de ter recebido os primeiros socorros, o animal corre o risco de morrer.

“Queimou tudo, a única coisa que não queimou foi o pescoço e uma pata que a gente usava para colocar o soro”.

Segundo ela, o tratamento tem sido custeado por doações de pessoas que se organizaram na cidade e por campanhas de arrecadação no Facebook. Mais de R$ 1 mil foram arrecadados para o tratamento com analgésicos, antibióticos, pomadas e faixas.

Segundo a veterinária, o animal tem recebido medicação a cada oito horas e os analgésicos, assim como pomadas e outros remédios necessários ao tratamento, estão sendo custados pelas doações em dinheiro por parte de moradores.

“Quem não tem dinheiro doa em faixa, pomada, soro, em ração úmida, tapete higiênico, tudo o que animal precisa. Como a gente faz um curativo bem feito nele e o pessoal tem trazido o material, a gente não tem usado nada da clínica”, conta.

Cachorro é queimado em Pitangueiras (SP) (Foto: Miriam Brito/Arquivo Pessoal)

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>