Conscientização

Mais de um terço dos americanos estão consumindo mais vegetais, revela pesquisa

No ano passado, opções de origem vegetal responderam por quase 20% dos dólares gastos em alimentos e bebidas nos EUA.

(Foto: Reprodução Internet)

Mais de um terço dos americanos (39%) está ativamente tentando comer mais alimentos à base de plantas. Eles afirmam ser motivados pela ética com os animais, saúde e intenção de diminuir os danos causados ao meio-ambiente.

Mais de um terço dos americanos está ativamente tentando comer mais alimentos baseados em plantas para melhorar a saúde, a vida dos animais e o planeta.
Divulgação

Um relatório da Food Navigator USA citou essa estatística – de uma pesquisa de 2017 da Nielsen – em um artigo sobre a prosperidade do setor baseado em plantas.

De acordo com novos dados da Nielson, as opções livres de animais agora respondem por quase 20% dos dólares gastos em alimentos e bebidas nos EUA no ano passado.

De acordo com o relatório, o interesse no mercado ainda deve crescer. O documento pontua que há uma notável oportunidade para marcas e varejistas que buscam formas de capitalizar necessidades e desejos específicos entre consumidores que optam por alimentos e bebidas à base de vegetais, particularmente nos casos em que não existem ou são poucas as opções’.

Acrescenta que os consumidores estão à procura de opções inovadoras de alimentos à base de plantas, dizendo: “Muitos consumidores não estão procurando por produtos básicos como o tofu, arroz integral e granola”. Ele lista as alternativas de laticínios e carne como produtos-chave, destacando o potencial para hambúrgueres de origem vegetal.

“À medida que a popularidade dos alimentos vegetais continua aumentando”, diz Nielsen, “a importância das alternativas à carne no espaço do hambúrguer deve aumentar com isso”.

O aumento no consumo de produtos à base de vegetais, em detrimento de produtos de origem animal, é benéfica para a saúde humana, para a vida dos animais e para o planeta.