Buracos para construção de fossas causam acidentes com animais no TO


Pelo menos cinco animais foram resgatados pelo Corpo de Bombeiros desde o início do ano no município de Araguaína, no estado do Tocantins, depois de terem se acidentado em buracos abertos para a construção de fossas e de poços artesianos.

(Foto: Bombeiros/Divulgação)

O último resgate foi realizado no setor Nova Araguaína. Um cavalo caiu em um buraco de quatro metros de profundidade que não estava sinalizado. Após cerca de uma hora de trabalho, os militares conseguiram salvar o animal.

O buraco onde o cavalo se acidentou foi aberto no quintal de um imóvel de propriedade da dona de casa Osaíra da Silva Cordovil. Ela não estava na residência no momento do acidente. As informações são do portal G1.

“Quando eu cheguei, para a minha surpresa, eu vi o cavalo e muita gente. Os vizinhos acionaram o Corpo de Bombeiros para fazer o resgate. Alguns vizinhos também ajudaram a fazer o resgate do cavalo”, diz Osaíra.

Acidentes provocados por buracos feitos para a construção de fossas e de poços artesianos têm sido frequentes no município, segundo o tenente José Wilson, que participou do resgate do cavalo no setor Nova Araguaína.

De acordo com o tenente, uma sinalização adequada poderia evitar novos acidentes. “A pessoa colocar tábua resistente, sinalizar, isolar com faixa para nenhum animal, nem de grande porte, nem de pequeno porte vier a cair nesse buraco e nem uma pessoa e nem uma criança. É perigoso”, finaliza.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>