Projeto de lei homenageará protetores dos animais em Maringá (PR)


Maringá deverá ter o Dia Municipal dos Protetores dos Animais, comemorado a partir deste ano no dia 10 de agosto. O Projeto de Lei de autoria do parlamentar Flávio Mantovani (PPS), foi aprovado em primeira discussão com 12 votos, na sessão da Câmara dos Vereadores, realizada na última terça-feira (5).

Protetores dos animais receberão um dia em sua homenagem
Protetores dos animais receberão um dia em sua homenagem (Foto: Reprodução / Facebook)

Se aprovado em próxima discussão, será encaminhada ao Executivo para possível sansão. “Mas certamente será aprovado. Os nossos colegas apoiam a causa, assim como nosso prefeito”, comenta o autor do projeto. Otimista, Mantovani considera que a figura dos protetores de animais merece destaque, até mesmo para valorizar a causa animal e destacar um dia do calendário para ações de conscientização.

“Eles realizam um trabalho muito bonito durante todo o ano. São como funcionários públicos não remunerados, que resgatam animais abandonados, promovem a tutela responsável, e beneficia a sociedade como um todo, incluindo as questões relacionadas a zoonose e prevenção de acidentes no trânsito envolvendo cães e condutores de veículos”, frisa.

A cidade hoje possui 13 grupos e associações de proteção aos animais, e a proposta, no dia 10 de agosto, é promover um evento com todos para praticar a adoção e tratar assuntos pertinentes ao bem estar animal, maus-tratos, entre outros pontos. “Vamos estudar isso certinho para fazermos uma ação bem interessante no dia”, relata.

O vereador diz, que segundo estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS) a cada R$ 1 investido em controle populacional de animais de rua, os cofres públicos economizam até R$ 7 na saúde humana. “As castrações feitas pelas organizações não-governamentais (Ongs) saem na média dos R$ 130, ao passo que uma pessoa internada por leishmaniose, por exemplo, custa bem mais para o governo” ressalta.

Os protetores estão contentes com a novidade. Para Natália Oliveira, vice-presidente da Sociedade Protetora dos Animais de Maringá (Socpam), a data será lembrada tanto para fortalecer os grupos independentes, como dar mais visibilidade a causa. “Vai nos ajudar bastante com as ações, doações de ração, dos próprios animais, e também deverá provocar a reflexão nas pessoas sobre o assunto. Será um dia importante para uma causa nobre”, conclui.

Fonte: O diário


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>