SEGUNDA CHANCE

Delaware (EUA) proíbe a morte de animais explorados em laboratórios

Mais um estado norte-americano, Delaware, aderiu à lei que proíbe a morte de animais explorados a vida toda em laboratórios

144

16/05/2018 às 21:00
Por Fernanda Cotez, ANDA

O estado norte-americano Delaware aprovou um projeto de lei que acaba com a morte automática de cães e gatos que são explorados para testes e pesquisas em animais. O Projeto de Lei 101 do Senado exigirá que todos os animais saudáveis ​​sejam colocados em adoção quando serem finalmente livres de laboratórios de pesquisa.

Delaware será o oitavo estado nos Estados Unidos a assinar o requisito em lei, depois da Califórnia, Nova York, Connecticut, Minnesota, Illinois, Nevada e Maryland. A campanha que incentivou o projeto foi liderada pelo Rescue + Freedom Project, uma organização sem fins lucrativos dos EUA, dedicada a resgatar sobreviventes de cativeiro e crueldades, e patrocinada pelo senador Jack Walsh.

“Estou sinceramente surpreso que isso tenha sido um debate”, manifestou Walsh em um comunicado. “Temos animais saudáveis ​​que os laboratórios de pesquisa não querem mais. Abrigos locais estão dispostos a cuidar deles. Temos famílias que podem querer adotá-los”.

Animais explorados em laboratórios, quando serem finalmente libertos, poderão ter uma segunda chance na vida em Delaware (EUA) (Foto: Pixabay)

Animais explorados em laboratórios, quando serem finalmente libertos, poderão ter uma segunda chance na vida em Delaware (EUA) (Foto: Pixabay)

De acordo com o Rescue + Freedom Project, existem cerca de sessenta mil cães atualmente sendo explorados ​​para pesquisa nos Estados Unidos. “Eles são o melhor amigo do homem”, observa a organização. “Mas a única experiência deles com humanos é a dor.”

O diretor de filantropia do projeto Rescue + Freedom, Gail Thomssen, comentou ao NBC: “Esta política trata de uma deficiência real da lei, e estamos muito orgulhosos de conseguir casas para animais que sofreram tanto sofrimento. Esses cães e gatos não serão mais mortos depois que a pesquisa terminar”.

O novo projeto de lei permitirá que esses animais tenham uma segunda chance na vida. “Se apenas um desses animais se tornar um animal doméstico, todo o trabalho que entrou neste projeto valerá a pena”, contou o senador Jack Walsh.

Avanços graduais

Nos Estados Unidos, novas leis para proteger animais usados ​​para pesquisa estão sendo aprovadas. Na Virgínia, o projeto de lei Bill HB 1097, que exige que as empresas se abstenham de realizar testes em animais, quando possível, foi assinado em lei em abril – o projeto de lei reduzirá significativamente o número de animais usados ​​para testes no estado. Califórnia, Nova Jersey e Nova York também aprovaram leis de natureza semelhante.