Audiência debate exportação de bois vivos na Assembleia de São Paulo


Uma audiência pública vai discutir a exportação marítima de bois vivos no Auditório Franco Montoro da Assembleia Legislativa de São Paulo na próxima quarta-feira (23), às 10 horas.

Exposições inéditas, com tradução simultânea, serão realizadas. O evento será promovido pelo deputado estadual e presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Roberto Tripoli (PV).

Bois transportados em condições insalubres pelo navio NADA (Foto: Magda Regina)

A audiência será registrada por meio de vídeo e as exposições nela feitas, bem como as manifestações do público, serão taquigrafadas. O material será disponibilizado no futuro.

O evento, realizado em parceria com o Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal e com a Animals International, contará com a participação da médica veterinária da Prefeitura de Santos, Dra. Magda Regina, que acessou o navio NADA, atracado no porto de Santos com 25 mil bois. Magda irá exibir imagens do interior da embarcação e abordar os maus-tratos aos bois presenciados por ela, que constam no parecer técnico da especialista.

O economista Glauco Honório, vice-presidente do Sindicato dos Agentes Fiscais de Renda do Estado de São Paulo, também participará da audiência para esmiuçar se são verídicos os dados a respeito dos ganhos do país com a exportação de animais. Honório é especialista em Setor Público e é ex-delegado tributário do Estado de São Paulo.

A audiência pública contará ainda com o Procurador Regional da República Dr. Sérgio Medeiros, que irá demonstrar o parecer exposto por ele em ação do Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, para apontar a crueldade do transporte terrestre e marítimo de bois vivos e os agravos ambientais, para o solo, ar e mar, dessa atividade.

A Dra. Lynn Simpson, médica veterinária australiana que trabalhou durante anos embarcada em navios que transportam animais vivos, também participará do evento para detalhar os horrores presenciados por ela. O depoimento da especialista contará com tradução simultânea.

O auditor fiscal, chefe de Divisão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Rodrigo Padovani, também estará presente no evento. Padovani ficará responsável por expor a visão do governo federal a respeito das exportações de bois vivos.

ANDA move ações contra exportação de animais

A Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA) entrou com duas ações contra a exportação de animais. A primeira, feita em conjunto com a Associação de Proteção Animal de Itanhaém (AIPA), solicitou a interrupção das operações no porto de Santos com base nas implicações ambientais e nos crimes de maus-tratos registrados durante o embarque feito pelo porto em dezembro de 2017.

O pedido das entidades foi aceito pelo desembargador Luis Fernando Nishi, que determinou a suspensão imediata das operações no porto no final de janeiro deste ano. Dias depois, entretanto, a liminar foi derrubada por um recurso impetrado pela Advocacia Geral da União (AGU) e o navio seguiu viagem.

A segunda ação, movida exclusivamente pela ANDA, foi contra os embarques de animais vivos no porto de São Sebastião. Devido à existência de outras duas ações contra tais operações no porto que tinham como foco os maus-tratos contra os animais, a ANDA optou por usar o enfoque ambiental como fundamento para se opor à exportação de animais vivos em São Sebastião.

Após a ação ter extraviado, a ONG impetrou um mandado de segurança solicitando o julgamento da liminar. O mandado foi deferido pelo juiz Dr. Guilherme Kischner que, em abril, suspendeu temporariamente os embarques no porto.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>