Homem grava vídeo enquanto tortura e esfaqueia cachorro no Paraná


Um homem de 32 anos, que não teve a identidade revelada, sequestrou o cachorro da ex-companheira, que foi ameaçada por ele em um vídeo no qual ele registra o momento em que tortura e esfaqueia o cão. As imagens foram gravadas na casa do agressor, no bairro Taboão, no município de Ipiranga, no Paraná.

(Foto: Reprodução/Repórter Daniel Pinheiro)

O vídeo, que não foi divulgado devido às fortes cenas de violência, mostra o cachorro chorando de dor e tentando fugir das agressões enquanto é esfaqueado e golpeado com socos e chutes. Um outro cão também aparece nas imagens. Desesperado, ele late tentando defender o animal que estava sendo agredido. O vídeo chega ao fim no momento em que o homem joga o cachorro ferido em um matagal.

De acordo com a família da tutora do cão, o animal fugiu assustado e ficou desaparecido. Entretanto, com as buscas, Woody, como é chamado o shih tzu, foi localizado um dia depois do crime. Levado a uma clínica veterinária em Curitiba, onde a tutora está morando, o animal está recebendo cuidados médicos.

A Polícia Civil de Ipiranga disse que o cachorro foi encontrado bastante machucado, mas que as lesões não atingiram órgãos vitais e que o corte no pescoço foi superficial e, por isso, ele passa bem. As informações são do portal Massa News.

O caso foi denunciado à polícia pela tutora do animal, que preferiu não ser identificada, logo após o recebimento do vídeo. Os policiais, então, foram até a casa do agressor, que tentou fugir. Ao ser questionado sobre o motivo da tentativa de fuga, ele alegou que a razão era a existência de drogas na casa dele. No local, maconha e crack foram encontrados.

(Foto: Reprodução/ Facebook/ Delegacia de Polícia Civil de Ipiranga)

O homem afirmou que gravou o vídeo pois estava “nervoso” com a ex-companheira. Ele foi detido por maus-tratos contra animais, furto, ameaça e porte de entorpecentes. A faca usada para golpear o cachorro e as drogas foram apreendidas e levadas para a delegacia.

De acordo com a tutora, o cachorro havia ficado na casa dela no município de Ponta Grossa, aos cuidados do proprietário do imóvel, que é alugado, após ela viajar para Curitiba, há cerca de 20 dias, com medo das ameaças feitas pelo ex-companheiro. O agressor, então, aproveitou-se da situação e foi até a residência dela para pedir ao dono do local que entregasse o cão para ele. Sem saber que a mulher era ameaçada e que o cachorro corria riscos de morte, o proprietário da casa entregou Woody ao homem e ele foi, então, torturado.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>