Cão que corre risco de morte precisa de adoção pra não ser assassinado em SP


O cachorro da foto é o Negão. No ano passado, ele foi espancado até perder um olho. Moradores da rua onde vive, em São Paulo, cuidaram dele e ele se recuperou.

Este ano, gasolina foi jogada no corpo dele para que se ateasse fogo. As pessoas que cuidam dele, entretanto, chegaram a tempo e impediram que ele fosse morto. Elas deram banho nele e tiraram a gasolina do corpo de Negão. Porém, nesta semana novamente tentaram atear fogo nele. Então, ele foi abrigado em uma casa para que fosse protegido, mas não pôde ser mantido no local e, portanto, precisa encontrar um lar temporário ou alguém disposto a adotá-lo com urgência, senão poderá acabar sendo torturado e morto na rua.

Apesar de ter sofrido tanto, Negão é um cachorro extremamente dócil e carinhoso.

Interessados em adotá-lo ou em oferecer lar temporário a ele devem entrar em contato com Priscilia Spa pelo telefone 11 98121-1750.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SUSTENTABILIDADE

NEGLIGÊNCIA

SOFRIMENTO

PORTO ALEGRE (RS)

INSENSIBILIDADE

GOIÂNIA (GO)

MÉXICO

ACIDENTE

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>