Fazenda de pele canadense enfrenta 14 acusações de maus-tratos a visons


Em fevereiro, teve início uma investigação conduzida pela Sociedade de Proteção Animal de Ontario (OSPCA), no Canadá, sobre abusos e maus-tratos em uma empresa de peles de animal, criadora de visons.

Reprodução | Plant Based News

Pouco tempo foi necessário para que as acusações fossem comprovadas: os animais estavam machucados, doentes; eles eram, sem dúvida alguma, explorados e submetidos a péssimos procedimentos.

Jennifer Bluhm, inspetora chefe da OSPCA disse, em declaração à imprensa: “Ninguém está isento da lei quando se trata de providenciar cuidados mínimos aos animais.”

As acusações que a empresa enfrenta, hoje, resultam em 14, entre elas, “permitir” e “causar estresse aos animais”, e por “falhar ao proporcionar recursos médicos adequados, bem-estar em gera, e condições sanitárias mínimas”, afirma o portal Plant Based News.

Problema maior a ser combatido

Imaginar que uma empresa que lucra vendendo as peles dos animais se preocupará com o bem-estar deles é, no mínimo, irônico. E a OSPCA sabe disso.

Essa investigação é apenas uma de uma cadeia de outras investigações nas indústrias de pele de animal do Canadá, pela Aliança de Libertação Animal. O intuito é juntar informação o suficiente sobre as péssimas condições em que esses animais se encontram, e mostrar que é necessário acabar de vez com esse ramo mercadológico no país.

Como resultado, no Canadá oriental muitas empresas já foram fechadas ou empedidas de pagar as dívidas com o governo.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VÍTIMAS DA CAÇA

MAUS-TRATOS

RECONHECIMENTO

PRESERVAÇÃO

VAQUINHA ON-LINE

FINAL FELIZ

LEALDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>