Cavalo é abandonado após ter rosto e corpo queimados por ácido


Uma égua de apenas oito meses com o nome de Cindy foi recentemente abandonada na aldeia de Clowne, na Inglaterra. O caso cruel de abandono não surpreendeu diante da tortura em que o animal se encontrava: ela sofreu intensas queimaduras com ácido em todo seu corpo e também no seu rosto.

Ataque com ácido em cavalo deixou o animal completamente ferido, precisando ser socorrido e tratado após resgate (Foto: Rainbow Equine Hospital/Facebook)
Ataque com ácido em cavalo deixou o animal completamente ferido, precisando ser socorrido e tratado após resgate (Foto: Rainbow Equine Hospital/Facebook)

Informações publicadas no Express revelaram que o inspetor que resgatou a égua disse que foram “as piores queimaduras de ácido” que ele já havia visto, deixando sua pele em condição dolorosa.

Felizmente, Cindy foi encontrada por uma pessoa gentil que a transportou para um hospital para obter ajuda, de acordo com o Express. Keith Ellis, inspetor da entidade de bem-estar animal RSPCA, disse: “Seja qual for a substância, a pessoa cruel fez com que sua pele literalmente descolasse do rosto e da cabeça. Eu nunca vi um animal que tenha sido atacado com uma substância cáustica como esta”, concluiu ele.

Os relatórios do caso apontaram que ainda não é sabido quem é o responsável pelos maus-tratos, mas acredita-se que a égua deve ter sofrido abuso prolongado por pelo menos dois dias antes de ser encontrado e resgatado.

Atualmente, Cindy está sob os cuidados de veterinários no hospital Rainbow Equine Hospital, em North Yorkshire, e a equipe está fazendo de tudo para amamentar o animal e promover a chance de uma boa vida. Os veterinários estão tratando os ferimentos na cabeça de Cindy, e contataram a RSPCA sobre o caso e a terrível escala dos ferimentos da égua.

Cavalo foi atacado com ácido. Responsável ainda não foi identificado ou punido (Foto: Rainbow Equine Hospital/Facebook)
Cavalo foi atacado com ácido. Responsável ainda não foi identificado ou punido (Foto: Rainbow Equine Hospital/Facebook)

O cavalo passou também por uma cirurgia bem-sucedida e limpou todas as áreas lesionadas pelo ácido, para remover possíveis contaminações e inflamações. Após transfusões de plasma e vários medicamentos, o cavalo parece estar se recuperando bem.

Infelizmente, como o responsável pelos maus-tratos não foi encontrado, não houve penalização para o culpado pelo crime até então, além do indivíduo ainda representar uma ameaça para outros animais na sociedade. Uma petição criada pelo hospital veterinário está buscando informações sobre o agressor de Cindy.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>