DECLÍNIO POPULACIONAL

Única população de lobos vermelhos sobrevivente pode ser extinta

O governo norte-americano e os defensores dos direitos animais alertam para a importância de proteger os únicos 40 integrantes da espécie.

1.162

26/04/2018 às 17:30
Por Stefany da Costa, ANDA

A única população selvagem de lobos vermelhos sobreviventes atingiu números tão baixos que a extinção pode ocorrer na próxima década, de acordo com uma nova revisão federal dos Estados Unidos. O documento divulgado pelo Escritório Regional do Sudeste dos EUA revelou que apenas 40 lobos permanecem em estado selvagem na Carolina do Norte e que toda a população poderá ser exterminada em apenas oito anos.

Segundo as informações do documento, a população de lobos não pode se recuperar de suas perdas e superar a mortalidade, o que resulta em uma espécie em constante declínio populacional.

O Centro de Diversidade Biológica dos EUA, uma organização sem fins lucrativos, pediu medidas imediatas para ajudar a combater os números cada vez menores e pediu ao serviço que reforce os regulamentos para bloquear as caças nos locais em que os animais selvagens habitam.

A população selvagem de lobos vermelhos está em constante declínio.

A população selvagem de lobos vermelhos está em greve declínio populacional. (Foto: Pinterest)

“O tempo está se esgotando para esses animais. Precisamos agir rápido se formos evitar que eles desapareçam para sempre. Para começar, precisamos de medidas imediatas para impedir que as pessoas os matem”, disse Collette Adkins, bióloga e advogada do Centro de Diversidade Biológica dos EUA.

Uma parte significativa da revisão do governo abordou o debate substancial sobre se os lobos vermelhos são uma espécie de coiote, argumentando pesquisas e testes genéticos que não chegaram a uma resposta definitiva. Até que tal resposta seja alcançada, a revisão declara que o serviço reconhecerá os animais como lobos, dado o fato de que a comunidade científica não está de acordo sobre a questão da taxonomia do lobo vermelho.

O objetivo da revisão de cinco anos foi principalmente para avaliar o status de espécies de lobos ameaçadas, e o serviço informou que os lobos vermelhos devem permanecer protegidos sob a lei das espécies ameaçadas, uma parte da legislação sob ataque recente dos republicanos do Congresso norte-americano.

Em última análise, o serviço acrescenta que mais ajuda será necessária para garantir a sobrevivência dos animais. E os grupos defensores dos direito animais concordam. Sem mudanças, Adkins salienta que os lobos vermelhos enfrentam a possibilidade muito real de desaparecer da natureza se não receberem a ajuda que precisam.