Paciente vegano se ofende com qualidade de comida hospitalar


No hospital Royal Adelaide, na Austrália, um paciente internado pediu por uma comida à base de plantas para se alimentar, e descobriram a péssima qualidade das refeições oferecidas no hospital. Fizeram, então, questão de expressar publicamente suas preocupações.

Pobre variedade da comida hospitalar servida ao paciente vegano (Foto: Alexia Carvalho/Facebook)
Pobre variedade da comida hospitalar servida ao paciente vegano (Foto: Alexia Carvalho/Facebook)

Bailey Thompson era o paciente, com 19 anos, que foi internado por ter quebrado as costelas. Bailey e sua visitante, Alexia Carvalho, solicitaram a opção de jantar vegana, até que receberam no quarto uma xícara de frutas, um pão e um par de pequenas batatas cozinhas. O descontentamento foi tanto que Alexia divulgou a reclamação em uma nota via Facebook.

“É bom saber que vocês se preocupam com seus pacientes que possuem necessidades específicas de dietas”, lamentou Alexia em questão à pouca variedade e descaso da comida servida pelo hospital ao seu amigo. Alexia escreveu, também, um bilhete reclamando do ocorrido para o hospital.

Segundo o The Daily Mail, Thompson, que é vegano, está no hospital depois que quebrou as costelas e teve complicações em seus pulmões, e disse que o paciente já havia perdido 5 quilos em apenas oito dias depois de ser internado.

O bilhete que Alexia deixou ao hospital por não fornecer uma comida à base de plantas de qualidade (Foto: Alexia Carvalho/Facebook)
O bilhete que Alexia deixou ao hospital por não fornecer uma comida à base de plantas de qualidade (Foto: Alexia Carvalho/Facebook)

Thompson diz que refeições menos do que ideais eram servidas comumente durante a sua estada no hospital, descrevendo a comida que haviam lhe servido como desleixada ou mal preparada. Os alimentos em questão foram fornecidas pela empresa de refeições do hospital, a The Spotless Group.

Um representante da Rede de Saúde Local da Central Adelaide se pronunciou ao The Daily Mail: “No momento, estamos investigando o assunto e continuaremos a ouvir o feedback dos pacientes, e trabalhar para garantir que todas as refeições atendam aos padrões esperados pela comunidade.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA

PESQUISA

APELO

RECOMEÇO

BARBÁRIE

SEGUNDA CHANCE

INSPIRAÇÃO

DESCARTE IRRESPONSÁVEL

BOA AÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>