Preso em zoo, orangotango cria seu próprio ninho como se estivesse na natureza


Um orangotango cativo foi flagrado fazendo um ninho com um pequeno cobertor na tentativa de ter pouco de conforto no cativeiro de um zoológico, na Tailândia. O registro foi supostamente feito com um celular.

O animal chamado Nemo, de 14 anos, habilmente amarra as extremidades do cobertor em torno das barras da jaula, deixando um espaço necessário para criar um ambiente em possa ter um pouco de tranquilidade. Na natureza, os orangotangos dormem entre os  galhos das árvores e fazem seus ninhos usando uma folhagem cuidadosamente dobrada.

Os orangotangos criam ninhos em árvores como sinal de que estão preparados para se separarem das mães.
Os orangotangos criam ninhos em árvores como sinal de que estão preparados para se separarem das mães. (Foto: Reprodução)

A criação de ninhos tem uma importante função social entre os orangotangos, pois o conhecimento de como construí-los é transmitido da mãe para o filhote. Esses animais precisam ter em média três anos de idade para poder construir seus próprios espaços, este é um sinal de que está pronto para deixar suas mães.

Infelizmente, a destruição dos habitats e a caça provocou um grave declínio populacional desses animais, embora haja esforços para conservar os animais remanescentes e devolvê-los a natureza. Nemo deveria estar em seu habitat, socializando com outros integrantes de sua espécie, fazendo o mesmo ninho em uma árvore. Mas este é apenas um exemplo da realidade de muitos animais cativos que morreram sem a liberdade e nunca experimentaram qualquer tipo de experiência na natureza.

Muitos acreditam que os zoológicos ajudam os animais, que os animais deveriam ter sido resgatados e não poderiam ser devolvidos à natureza. Embora possa haver alguns exemplos dessa situação, muitos animais são sequestrados e explorados para entretenimento humano. Os zoológicos  existem principalmente para ganhar dinheiro e, muitas vezes, sequestrar os animais na natureza para programas de reprodução em cativeiro.

Veja o vídeo abaixo:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(255, 255, 255)"}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
DOE AGORA

COMPARTILHE:

Você viu?

DESPEDIDA

RETROCESSO

FINAL FELIZ

CRIMES

ENCALHE

LIVRE DE PRECONCEITOS

CRIME

POLUIÇÃO

EXPLORAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
>