Chef Gordon Ramsay anuncia que “dará uma chance” ao veganismo


O renomado e famoso chef de cozinha britânico Gordon Ramsay anunciou na última segunda-feira que tentará se adaptar a uma dieta vegana. O chef conhecido por seu papel durão no programa Hell’s Kitchen (Cozinha do Inferno, em tradução literal) e por ser jurado do reality MasterChef, Gordon publicou em sua conta do Twitter que ‘vai dar uma chance’ ao veganismo.

Embora o chef ainda não tenha comentado a público quais as suas motivações para o novo estilo de vida, pareceu muito carismático aos adeptos do veganismo quando anunciou a notícia com uma foto de uma pizza vegana em seu mais recente empreendimento, Gordon Ramsay Street Pizza, restaurante que abriu terça-feira em Londres.

Após Gordon Ramsay já ter feito publicações polêmicas sobre veganismo, o famoso chef de cozinha anunciou em seu Twitter que tentará se adaptar ao estilo de vida vegano. (Foto: FOX)
Após Gordon Ramsay já ter feito publicações polêmicas sobre veganismo, o famoso chef de cozinha anunciou em seu Twitter que tentará se adaptar ao estilo de vida vegano. (Foto: FOX)

O aparente apreço recentemente anunciado de Gordon Ramsay pelo veganismo surpreendeu seus fãs e também os veganos, pois o chef tem um longo histórico de zombar de veganos e vegetarianos.

Em uma entrevista ao Daily Mirror, Ramsay disse que caso seus filhos se tornassem vegetarianos, seria o seu “maior pesadelo”.

“Eu os colocaria em cima do muro e os eletrocutaria”, comentou Gordon Ramsay na entrevista. O comentário chamou a atenção de Paul McCartney, ex-beatle e vegetariano. O músico rebateu ao chef, dizendo à Sainsbury’s Magazine: “Eu ficaria mais feliz se todos fossem vegetarianos. O planeta seria melhor”.

Outros comentários da estrela de Hell’s Kitchen gerou repercussão entre os ativistas dos direitos animais, que acusaram Ramsay de tentar diminuir a luta contra a exploração animal.

Mesmo há poucos meses, em fevereiro de 2018, Gordon Ramsay atacou diretamente a comunidade vegana e defensora animal. No Twitter, respondeu à foto de uma fã vegana realizando um trocadilho maldoso com a instituição PETA. Ele disse: “eu sou um membro da PETA! Pessoas experimentando todos os animais”, em tradução adaptada.

Em resposta, a PETA disse: “Querido Gordon, já ouvimos essa piada antes. Enquanto você perde tempo zombando do futuro #vegan, nós estamos apostando que um dia você vai virar vegano. A maioria dos chefs de cozinha já estão explorando alimentos amigos dos animais e baseados em plantas”. Por fim, a PETA estava certa, conforme o anúncio recente que Gordon vai tentar se adaptar ao estilo de vida vegano.

De qualquer forma, o renomado chef dar uma chance ao veganismo é um avanço significativo. O estilo de vida vegano já é forte e crescente no Reino Unido, e o apoio de especialistas de culinária influentes deve promover uma ascensão ao estilo de vida livre de crueldade animal.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMPANHIA

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>