Animais marinhos são encontrados mortos em rede à deriva no Caribe


Durante um mergulho no mar do Caribe, um mergulhador capturou imagens subaquáticas de rede ‘fantasma’ na costa das Ilhas Cayman. Centenas de peixes e tubarões mortos podem ser vistos flutuando na rede que matou inúmeros animais marinhos, possivelmente por muitos meses.

Dominick Martin-Mayes, um pescador de 27 anos e instrutor de mergulho que fez a descoberta inicial, disse ao The Independent que ele e alguns amigos encontraram uma “rede sólida de peixes e tubarões mortos e em decomposição” no último dia 17.

“No começo, achamos que era um tronco, mas à medida que nos aproximamos, podíamos ver que era uma rede”, disse Dominick. Eu pulei na água e isso me tirou o fôlego – a primeira coisa que vi foi um tubarão”.

O governo das Ilhas Cayman recebeu a denúncia e emitiu um alerta na terça-feira , recolhendo esforços para realocar a rede. Tim Austin, vice-diretor do Departamento de Meio Ambiente local, disse ao Cayman Compass que a quantidade de criaturas emaranhadas na rede indicava que ela havia ficado à deriva por um longo período de tempo.

Rede 'fantasma' encontrada por mergulhadores no mar do Caribe. (Foot: Dominick Martin-Mayes)
Rede ‘fantasma’ encontrada por mergulhadores no mar do Caribe. (Foot: Dominick Martin-Mayes)

“Não queremos que mais animais morram, precisamos parar com sua pesca fantasma mortal”, contou Austin.

Martin-Mayes disse que ele e seus amigos cortaram a rede, em tentativa de resgatar animais ainda vivos da rede, que ele estima ser de até 15 metros de comprimento. “Nós fizemos o que pudemos para libertar um pouco da vida presa, mas a maior parte já estava morta”.
.
Ao encontrar a rede no mar do Caribe, os pescadores tentaram rebocá-la de volta à costa, mas era muito pesada. Quanto às chances de as autoridades encontrarem a rede, Martin-Hayes sugeriu ser “altamente improvável” por conta da rede ser “um objeto muito pequeno em um oceano muito grande”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÍNDIA

RESGATE

ASFIXIA

NECROPSIA

SAUDADE

MAUS-TRATOS

FAMINTOS

SAÚDE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>