Elefante órfão e desidratado é salvo por cuidadores no Quênia


Um elefante órfão foi resgatado pela equipe da David Sheldrick Wildlife Trust (DSWT), que nomeou o animal de Sattao. A DSWT visa o salvamento de elefantes para que vivam uma vida em segurança.

Elefante órfão, perdido, desnutrido e desidratado é salvo por cuidadores da The David Sheldrick Wildlife Trust, no Quênia. (Foto: DSWT)
Elefante órfão, perdido, desnutrido e desidratado é salvo por cuidadores da The David Sheldrick Wildlife Trust, no Quênia. (Foto: DSWT)

Encontrado completamente sozinho com três meses de idade no deserto de Tsavo, no Quênia, em área ocupada por leões, aumentando o risco que o animal sofria. O elefante Sattao estava com o corpo fraco por ter ficado sem o leite de sua mãe. Além da fome e desnutrição, as patas do animal estavam cobertas de feridas de mordidas.

Com apenas três meses de uma vida solitária, estressante e com medo, Sattao foi resgatado pela DSWT. A fraqueza e estado de desidratação do elefante foram um desafio para a equipe de cuidadores do elefante, que realizaram semanas de tratamento: gotejamento intravenoso, leite em pó nutritivo e cuidados intensos.

Informações do One Green Planet contam que os cuidadores do animal pela DSWT comentaram que o “pequeno lutador demonstrou uma determinação de aço e acabou conseguindo sobreviver”. Sattao também foi ajudado pelos elefantes mais velhos que cuidaram do filhote.

O elefante Sattao agora tem uma nova vida, apoiado por outros elefantes mais velhos e o cuidado de guardiões que realizaram o resgate. (Foto: DSWT)
O elefante Sattao agora tem uma nova vida, apoiado por outros elefantes mais velhos e o cuidado de guardiões que realizaram o resgate. (Foto: DSWT)

“Alguns de nossos sucessos nos casos mais desafiadores podem ser atribuídos diretamente a ajuda e cuidado concedidos aos recém-chegados por nossos outros órfãos residentes, curando as cicatrizes traumáticas de perdas que assombram esses pequenos órfãos, dando a eles aquele ingrediente importante – a vontade de ao vivo ”, contou a equipe de resgate do DSWT.

Esbanjando saúde, o elefante Sattao agora está perfeitamente saudável tem uma “nova família extensa, tanto com dois pés quanto com quatro, tendo encontrado a felicidade mais uma vez”, simbolizando tanto a ajuda da manada de elefantes onde se encontra Sattao quanto os cuidadores na reabilitação do animal órfão.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE

TECNOLOGIA

DESUMANIDADE

ACOLHIMENTO

EFICIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>