Se os EUA fosse vegano, mais 350 milhões de pessoas poderiam se alimentar


O estudo publicado no Proceedings of National Academy of Sciences (Academia Nacional de Ciências) alega que “as substituições baseadas em plantas para cada uma das principais categorias de animais nos Estados Unidos (carne bovina, suína, laticínios, aves e ovos) podem produzir de duas a 20 vezes mais alimentos nutricionalmente semelhantes por unidade de terra cultivada”. Em outras palavras: se o EUA adotasse o veganismo, centenas de milhões de pessoas poderiam não passar mais fome.

Além de evitar a morte desnecessária de incontáveis animais, uma dieta baseada no veganismo proporciona melhorias na qualidade de vida humana de todo o planeta. (Foto: Chuck Liddy/TNS)
Além de evitar a morte desnecessária de incontáveis animais, uma dieta baseada no veganismo proporciona melhorias na qualidade de vida humana de todo o planeta. (Foto: Chuck Liddy/TNS)

Mais de 41 milhões de americanos correm o risco de passar fome em algum momento durante o ano, de acordo com o Departamento de Agricultura dos EUA. Mas o novo estudo sugere que esse não precisa ser o rumo das coisas, e uma dieta baseada no veganismo poderia ajudar a lutar contra a fome.

Ao utilizar a mesma quantidade de terra para a produção de alimentos vegetais nutricionalmente similares ou melhores que produtos de origem animal, a quantidade total de alimentos disponíveis para comer aumentaria em 120% ou 350 milhões a mais de pessoas alimentadas.

Remover carne de boi, carne de porco, frango, laticínios e ovos da dieta americana e substituir esses itens por alimentos à base de plantas significaria alimentos com a mesma quantidade de calorias, proteínas, fibras, vitaminas e minerais sem aumentar a gordura ou o colesterol – desde que a substituição fossem bem realizada.

A matemática do estudo

Uma área de terra capaz de produzir 100 gramas de proteína comestível de plantas, se produzisse ovos, acabaria com apenas 60 gramas de proteína comestível – uma “perda de oportunidade de comida” de 40%, descobrindo os autores do estudo.

Eliminar os ovos e substituí-los por plantas que ofereçam os mesmos nutrientes permitiria, portanto, alimentar mais 1 milhão de pessoas.

Ainda, no mesmo espaço de terra imaginado anteriormente, na criação de galinhas a área é capaz de produzir 50 gramas de proteína na forma de frango. Na produção leiteira, 25 gramas de proteína. De porcos, 10 gramas e de bois, apenas 4 gramas de proteína seriam produtivos no mesmo espaço de uma área capaz de produzir 100 gramas de proteína vegetal.

Adotar o veganismo nos EUA resultaria em comida suficiente para "atender às necessidades dietéticas completas" de centenas milhões de pessoas a mais. (Foto: Shutterstock)
Adotar o veganismo nos EUA resultaria em comida suficiente para “atender às necessidades dietéticas completas” de centenas milhões de pessoas a mais. (Foto: Shutterstock)

A troca de plantas por carne resultaria em comida suficiente para “atender às necessidades dietéticas completas” de 163 milhões de pessoas a mais. Em qualquer um dos casos, a perda proteica no caso de produção de alimento de origem animal é significativa.

O People for The Ethical Treatment of Animals (PETA) (Pessoas à Favor do Tratamento Ético com Animais, em tradução literal) publicou que, diante de tanta impotência que podemos sentir diante da destruição ambiental, deveríamos nos atentar mais aos números caso ainda haja a dúvida sobre aplicar o veganismo ou não. “Em apenas um ano, um vegano economiza mais de 1,5 mil litros de água, protege quase 3,3 mil metros quadrados de florestas e evita que 3,3 quilos de dióxido de carbono sejam liberados na atmosfera. Ao testemunhar o impacto alarmante desses números na mudança climática, nota-se que é vital adotar o veganismo”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DOÇURA

EXTINÇÃO

SONHO REALIZADO

CARIBE

POLÍTICA AMBIENTAL

SÃO PAULO

AÇÃO HUMANA

TRAGÉDIA

MASSACRE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>