Holanda dá um passo para a abolição de testes em animais


Uma pesquisa recentemente revela que o uso de macacos em experimentos diminuiu em 49% em um período de um ano nos Países Baixos. Houve também reduções significativas no uso de outros animais para experimentação, segundo a organização defensora dos direitos animais People for the Ethical Treatment of Animals (PETA), em tradução livre “Pessoas Para o Tratamento Ético dos Animais.

A pesquisa descobriu números do período entre 2015 e 2016, mostrando instâncias mutáveis ​​do uso de animais em experimentos. Na Holanda, a exploração de macacos em experimentos registrou um declínio de 49%. Da mesma forma, o uso de cães caiu 13%, enquanto cavalos, burros e outras espécies foram usados ​​31% a menos. Além disso, o uso de cabras, ovelhas e vacas para experimentação teve um declínio substancial de 39%.

O declínio significativo no abuso de animais veio depois que a PETA na Holanda coletou mais de 100 mil assinaturas de pessoas compassivas por toda a Europa e as entregou a políticos em Haia.

Animais estão sendo cada vez menos explorados em testes de cosméticos nos Países Baixos.
A Holanda está reduzindo a exploração de animais em testes de cosméticos. (Foto: Reprodução)

Posteriormente, o governo holandês aprovou uma moção em março de 2016 para eliminar gradualmente os experimentos realizados na maior instalação de macacos da Europa, o Biomedical Primate Research Center, localizado em Rijswijk.

Após essa mudança, o secretário de Estado holandês para Assuntos Econômicos, Martijn van Dam, anunciou planos para abolir o uso de animais em testes de toxicidade para produtos químicos, ingredientes alimentícios, pesticidas, medicamentos veterinários e vacinas até 2025, conforme a PETA.

O público está cada vez mais propenso em rejeitar empresas que utilizam os testes cruéis. Dados anteriores mostraram que 72% dos consumidores holandeses consideraram que os testes são desumanos ou antiéticos, enquanto uma pesquisa recente revelou que 46% dos entrevistados apoiaram um projeto de lei para proibir a venda de cosméticos testados em animais.

A empresa Body Shop lançou recentemente a maior campanha da história contra a exploração animal em indústrias de cosméticos e outros produtos. Como parte do movimento, circulou uma petição que acumulou mais de quatro milhões de assinaturas. Em relação à exploração animal na Holanda, o relatório identificou que o número total de procedimentos caiu quase 40% nos últimos 17 anos. Notavelmente, a mudança mais significativa ocorreu nos últimos três anos.

Esses números surgiram pouco depois que a Agência de Proteção Ambiental (EPA) anunciou planos para implementar métodos de testes que não envolvam animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>