Juiz faz condenados sentirem na pele os maus-tratos contra animais


O juiz Michael Chikkonnetti, do estado norte-americano de Ohio, é conhecido pela compaixão que sente pelos animais e pela forma como age ao condenar responsáveis por maus-tratos.

(Foto: Divulgação)

Chikkonnetti acredita que é necessário fazer com que as pessoas que maltratam animais vivam situações semelhantes as que impuseram a eles para que sintam na própria pele o sofrimento pelo qual os animais foram submetidos.

Em um dos casos, em que o magistrado julgou uma mulher que estava sendo acusada de abandonar um cão tutelado por ela em um lixão, condenando-o não só aos riscos do abandono, mas a um ambiente totalmente insalubre, Chikkonnetti decidiu que a mulher fosse obrigada a passar horas no mesmo local onde abandonou o cachorro.

“Eu quero que você vá para o aterro da cidade, no lugar mais terrível e esquecido por Deus. Fique lá por oito horas e pensando sobre o que você fez com o pobre cachorro, inalando os terríveis cheiros que possam te causar vômitos!”, disse o juiz à mulher.

Em outro julgamento, o magistrado seguiu a mesma linha e, ao emitir a sentença para uma mulher que abandonou 35 gatos em uma floresta, onde eles morreriam sem perspectiva de receber qualquer ajuda, Chikkonnetti determinou que a acusada passasse a noite no local. As informações são do portal Awebic.

(Foto: Divulgação)

“Você gostaria de ser jogada na floresta a noite, obrigada a passar a noite toda lá, ouvindo os coiotes, guaxinins correndo em torno de você na escuridão, sentada ali sozinha no frio, com fome e sem a esperança de salvação?”, afirmou o juiz. A mulher passou, então, uma noite inteira na floresta. Guardas foram deslocados ao local para garantir a segurança dela enquanto cumpria a decisão judicial.

O objetivo do juiz ao determinar as sentenças é mostrar para os condenados por maus-tratos que cometer abusos contra animais é um crime muito grave. Segundo Chikkonnetti, as pessoas que maltratam animais além de serem penalizadas pela Justiça, devem ser impedidas de tutelar outros animais no futuro.

O juiz é considerado um verdadeiro herói pelos moradores da cidade norte-americana de Painesville, onde vive.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTELIONATO

MALDADE

ESTADOS UNIDOS

FEBRE AMARELA

REVERSÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>