Coalas estão morrendo por terem seu habitat destruído


Especialistas estimam que a derrubada de árvores na região e na zona rural de Queensland é 15 vezes mais destrutiva para as populações de coalas do que a expansão urbana propriamente dita.

A derrubada de árvores na região de Queensland, na Austrália, afeta mais diretamente as populações de coalas do que a expansão das cidades. Especialistas constataram que o desenvolvimento urbano e a perda do habitat do coala para a infra-estrutura das cidades foram consideradas as principais razões pelas quais o coala foi adicionado à lista de espécies “vulneráveis”, em 2012.

Porém, a análise do cientista de conservação do World Wide Fund for Nature (WWF) (Fundo Mundial para a Natureza, em tradução literal), Martin Taylor, desafia a ideia de que as populações desses mamíferos marsupiais estão mais ameaçadas pelo crescimento de cidades. Em entrevista ao The Guardian, Taylor concluiu que aconteceram mais de 5 mil mortes de coalas devido à perda de habitat em Queensland de 2012 a 2016, e quase 94% ocorreram fora do sudeste australiano, urbanamente desenvolvido.

Coalas estão morrendo por terem seu habitat destruído, afirmam especialistas.
Coalas estão morrendo por terem seu habitat destruído, afirmam especialistas. (Foto: Clare Grover, WWF)

A análise surge em meio a um debate sobre o tema em Queensland, onde se discutem novas leis de remoção de árvores. Taylor disse que as populações de coalas enfrentam agora uma nova ameaça.

“Existe essa ilusão de que, de alguma forma, os coalas só habitam o sudeste de Queensland, o que não é o caso”, disse Taylor. “Os fatos são bem claros, os coalas ocorrem amplamente em todo o estado e, se você destruir o habitat desses mamíferos, estará empurrando-os para perto da extinção”.

A salvadora de coalas Clare Grover disse, em entrevista ao WWF, que a maioria das pessoas não sabe que outros animais podem confundir os marsupiais com uma ameaça – o que pode gerar consequências terríveis e levar à morte dos coalas.

A maioria das mortes de coalas, quando forçados ao solo pela destruição das árvores, seu habitat, são causadas por atropelamentos por veículos e ataques de cães. Clare reforça que se os animais tivessem espaços de floresta suficientes para viver, eles não seriam forçados a ocupar habitats alheios em busca de um novo habitat.

Outros animais podem confundir os coalas com uma ameaça - o que pode gerar consequências terríveis e levar à morte dos coalas.
Outros animais podem confundir os coalas com uma ameaça – o que pode gerar consequências terríveis e levar à morte dos coalas. (Foto: Clare Grover, WWF)

“As leis atuais permitem a destruição de árvores a um ritmo sem precedentes. Até mesmo a retirada em pequena escala de árvores de beira de estrada pode ter consequências devastadoras”, enfatiza Clare.

Um comitê que examina as leis de desmatamento do estado australiano deve apresentar um relatório em 23 de abril de 2018.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

POLÍTICA PÚBLICA

RECOMEÇO

BANALIZAÇÃO

CAZAQUISTÃO

DESMATAMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>