Queijos são recolhidos na Austrália por causa de surto bacteriano que pode causar doenças e abortos


Queijos franceses foram recolhidos na Austrália pela Washed Rind Pty Ltd devido à potencial contaminação por listeria monocytogenes, que pode provocar listeriose, uma infecção bacteriana que pode acarretar doenças em humanos, além de provocar abortos e nascimentos prematuros.

Foto: Facebook

Este é o segundo surto de listeria na Austrália somente neste ano depois que os melões da Rombola Family Farms em Nericon, próximo a Griffith, pararam voluntariamente a produção e retiraram as frutas das prateleiras. O surto de listeria provocou a morte de seis pessoas em Nova Gales do Sul e em Victoria no dia 20 de março, informou a Nine News.

Os tipos de queijos também têm sido retirados da Foodworks e varejistas independentes em Victoria, Foodlands IGA e do sul d Austrália e da IGA, Supa IGA e varejistas independentes na Austrália Ocidental.

A NSW Food Authority alertou que as pessoas não devem consumir os queijos e precisam devolvê-los ao local em que foram adquiridos para serem reembolsadas, revela o Daily Mail. O órgão também sugeriu que as pessoas preocupadas devem procurar assistência médica.

O surto de listeria pode ser preocupante para grávidas, idosos, crianças e pessoas com um sistema imunológico comprometido.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>