Ameaçados de extinção, ursos-malaios são caçados e mortos


Dois ursos-malaios, espécie criticamente ameaçada de extinção, foram covardemente esfaqueados por um grupo de quatro homens em Sumatra, na Indonésia.

Os animais foram caçados com armadilhas feitas pelos criminosos, que depois espancaram e atiraram nos animais até a morte, conforme informou chefe de polícia local, Christian Rony.

Os homens com idades entre 33 e 51 anos, mutilaram os ursos para serem consumidos. Eles foram presos depois que a Agência de Conservação de Recursos Naturais de Riau soube do crime através das mídias sociais.

“Eles também distribuíram a carne para outros moradores”, disse Rony, acrescentando que a polícia apreendeu armas e revólveres dos criminosos.

Um relatório da BBC feito na Indonésia identificou alguns caçadores que confessaram a criação de 50 armadilhas para caçar porcos com os outros três homens. No entanto, os ursos ameaçados de extinção foram encontrados no local.

O animal foi cruelmente caçado e lançado no fogo.
Urso-sol morto na aldeia de Kerta Tunas Jaya, na província de Riau. (Foto: AFP/Wahyudi)

A carne do animal foi transformada em ração e sopas. A bile do urso também foi levada para ser processada na medicina tradicional, segundo o relatório.

Os caçadores foram acusados ​​de acordo com a lei ambiental da Indonésia e podem enfrentar cinco anos de prisão e 100 milhões de rupias (o equivalente a 7 mil dólares) em multas, se condenados.

O urso-malaio, listado como espécie vulnerável pela União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), é a menor das espécies de ursos e vive nas florestas tropicais e pântanos do sudeste asiático.

Mas a população deles está em declínio na Indonésia devido ao rápido desmatamento, que levou à perda de habitat.

Conflitos entre humanos e animais são comuns em todo o país, especialmente em áreas onde o desmatamento de florestas tropicais para dar lugar a plantações de dendê está destruindo os habitats dos animais e forçando-os a se arriscar em áreas urbanizadas.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESAMPARO

COVARDIA

APOIO COLETIVO

MISSÃO

SÃO SEBASTIÃO (SP)

DEMANDA CRESCENTE

CRISE CLIMÁTICA

CRUELDADE

ALERTA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>