Casos de farra do boi aumentam 150% em Santa Catarina

Mariana
April 4, 2018

Os casos de farra do boi tiveram aumento de 150% em 2018 em Santa Catarina. Segundo a Polícia Militar, 117 ocorrências foram registradas no estado desde o início do ano. Delas, 27 foram confirmadas. Neste período, 21 bois foram resgatados e 14 pessoas foram presas. Em 2017, ninguém foi preso e três bois foram salvos.

(Foto: PMSC / Divulgação) 

De acordo com a Agência Central de Inteligência (ACI) da PM, em 2017 foram registradas 59 ocorrências por farra do boi, sendo que 11 delas foram confirmadas, configurando um aumento de 154% de casos confirmados.

Uma das farras interrompidas pela polícia, que assim como outras cinco teve confronto, ocorreu no domingo de Páscoa no Rio Tavares, em Florianópolis (SC), quando farristas dispararam rojões e fogos de artifício contra os militares que tentavam resgatar um boi. As informações são do portal Gaúcha ZH.

Os municípios que mais registraram ocorrências devido à farra do boi foram Governador Celso Ramos e Florianópolis, sendo nove em cada um.

Prática proibida por lei

A farra do boi é uma prática extremamente cruel que é proibida por lei desde 1998. Segundo a legislação, é crime “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”. No estado de Santa Catarina, entretanto, os eventos continuam a ser realizados e são intensificados durante a Semana Santa, segundo informações do portal Hora de Santa Catarina.

Para a realização da farra, o animal costuma ser confinado sem alimento por vários dias, o que já configura maus-tratos. Torturado, ele é colocado em um ambiente com água e comida, porém em local longe do alcance dele, para que fique ainda mais desesperado, devido a fome que sente.

Quando o evento começa, o boi é solto e perseguido pelos farristas. Além da fome e do estresse, o animal é agredido pelos participantes com pedaços de madeira, facas, lanças de bambu, cordas, chicotes, pedras e outros itens.

Denúncias podem ser realizadas por meio do 190, do disque-denúncia da PM pelo telefone 0800-481-717 ou ainda pela página no Facebook Farra do Boi Nunca Mais.

 


Você viu?

Em busca de companhias,

Fonte: g1.globo.com Uma das

Pixabay Aproximadamente 50 ativistas

Grupo de guardas ambientais

Foto: Reprodução Youtube /

Reprodução/Instagram/@osindefesos Três cachorros tiveram

The Dodo Onyx e

Foto: Reprodução/GRAD A destruição

Foto: Pixabay A tradição

Notícias | Você é o repórter | Histórias felizes | De olho no planeta


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
>