Designer Donatella Versace abole uso de pele animal em suas criações


A designer de moda, Donatella Versace, declarou em uma entrevista recente que abandonou o uso de pele animal para fabricação de roupas. A indústria da moda ainda explora a pele animal para fabricação de roupas e acessórios, mas a atitude de Versace é um passo importante para a proteção dos direitos animais na indústria da moda.

Donatella declarou: “Pele animal? Estou fora disso. Não quero matar animais para fazer moda. Não parece certo. ”

Donatella Versace declara que não é a favor da exploração de pele animal para fabricação de artigos de moda.
A famosa desinger de moda é contra a exploração de pele animal. (Foto: One News Page)

De forma desumana , os animais nas fazendas de pele sofrem uma crueldade inimaginável da eletrocussão até mesmo são cortados vivos. Todos os anos, um bilhão de animais indefesos sofrem confinados em pequenas gaiolas imundas, sendo torturados e mortos brutalmente. Estes animais são destinados a casacos de peles, revestimentos de botas e outros acessórios de moda, incluindo cães, coelhos, raposas, chinchilas, gatos e muito outros animais.

Versace junta-se às marcas de moda que proíbem a exploração de pele animal como Gucci, Calvin Klein, Ralph Lauren, Hugo Boss, Armani, Vivienne Westwood e Tommy Hilfiger. Esperamos que Versace dê um passo adiante e opte por rejeitar todas as peles de animais, como couro e lã assim como faz a marca Stella McCartney.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA

PESQUISA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>