Jogador da NBA afirma sentir mais energia após se tornar vegano


 

Foto: Slam Online

McGee afirma que inicialmente parou de consumir produtos de origem animal “apenas para perder peso imediatamente” há alguns anos e que “não era pelo aspecto moral naquela época”. Ele se tornou vegano há aproximadamente seis meses desde o início da temporada.

“Quando faço as coisas, eu simplesmente me comprometo totalmente com isso. Tem sido bom. Eu estava perdendo peso e ficando mais esbelto, como você pode ver e eu simplesmente me senti muito bem”, afirmou.

McGee conta que inicialmente pesquisou veganismo na internet e conversou com a ex-estrela da NBA, John Salley, sobre o estilo de vida e sobre crudivorismo, observando que Salley está em um “nível totalmente diferente”.

Quando questionado sobre um aumento de energia, McGee destacou: “”Você definitivamente percebe isso imediatamente. Você se sente realmente bem, mais leve. E existe muito mais energia ao longo do dia”.

Segundo o Clearly Veg, ele observou que o único problema era encontrar opções de serviço de quarto sem origem animal.

“É uma adaptação, mas, na realidade, não é tão grande quando você deixa de pensar em todas as coisas que não poderá comer. Ser vegano não é difícil, especialmente porque eu vivo em Los Angeles durante o verão e existem muitos restaurantes e opções veganas ali. Após encontrar substituições para as coisas de que você gosta, é bastante administrável”, disse.

O ex-companheiro de equipe de McGee no Denver Nuggets, Wilson Chandler, também parou de consumir alimentos derivados de animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>